Estado

Foto: Divulgação A partir das 14h, o terceiro talk show é focado na Regulamentação do Setor Solar A partir das 14h, o terceiro talk show é focado na Regulamentação do Setor Solar

O Tocantins possui um enorme potencial energético solar a ser explorado. As informações sobre o mapeamento minucioso realizado pelo Governo do Tocantins nos 139 municípios está presente no Atlas Solarimétrico, documento inédito e que será apresentado nessa terça-feira, 31, no auditório do Palácio Araguaia, a partir das 8h30. A iniciativa é da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos.

Os resultados do Atlas vai possibilitar o Estado de traçar estratégias para atrair investimentos, além de orientar sobre quais regiões do Tocantins o Governo precisa incrementar para garantir infraestrutura necessária para atender esta demanda. Com esse raio-X, o Tocantins é o 6º país do Brasil e o 1º da região Norte a realizar este mapeamento completo da irradiação solar.

Serão realizados quatro talk show durante o workshop. O primeiro talk show é das 9h às 10h50, com a apresentação oficial do Atlas Solarimétrico realizada pelo Daniel Castellá e Luis Martín Pomares, representantes do Consórcio Nixus, Irsolav e STA.  Em seguida, das 10h50 às 12h10 é a vez da Mesa 2 que traz a Política Pública do Estado do Tocantins de Incentivo à Geração de Energia Solar (Programa Pró-Solar), com o subsecretário do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Rubens Brito; o público também terá acesso ao Programa Solar da Prefeitura de Palmas; e fechando a programação matutina tem a participação do subsecretário de energia Renovável do Estado de São Paulo, Antônio Celso de Abreu Júnior, com o tema Papel do Setor Público na Expansão da Geração distribuída.

A partir das 14h, o terceiro talk show é focado na Regulamentação do Setor Solar,  com o Panorama geral da fonte solar fotovoltaica no Brasil e no Tocantins, o assunto será explanado pelo presidente Executivo da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), Rodrigo Sauia; e das 15h30 às 17h20 a quarta e última rodada aborda sobre Financiamentos,  que apresentará ao público as linhas de créditos para a geração solar isolada e distribuída, com explicações do Banco da Amazônia, BNDS, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil.

O Workshop conta com o apoio da Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Banco da Amazônica, Energisa e BRK Ambiental.

Atlas

Com recursos  de R$ 874.713,87, o Governo do Tocantins investiu na elaboração do Atlas Solarimétrico do Estado, que tem o objetivo científico de mapeamento detalhado na área de energia solar em todo o território estadual, assim desenvolvendo projetos para atrair investimentos para o Tocantins. A ação é desenvolvida pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos.

A iniciativa é fruto de um convênio entre Semarh com Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird), para financiamento da execução do Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável do Tocantins (PDRIS). A Ordem de Serviço foi assinada com o consórcio ganhador da licitação, formado por três empresas internacionais: Nixus, IrSOLaV e STA – a escolha se deu pela experiência em projetos específicos envolvendo tecnologias, mapeamento e atlas solares; pesquisas e estudos de mercado na área solar; além de experiência em medições e suprimento e auditoria em plantas solares.