Geral

Foto: Marcio Greick

Os moradores do bairro Vila Regina, em Paraíso do Tocantins, estão  sofrendo com o mau cheiro causado por uma vaca em decomposição que morreu depois de cair em uma cisterna abandonada, em uma área verde, há mais de cinco dias.

A cisterna encoberta pelo mato localiza-se em uma área próxima a  várias residências. 

A moradora do bairro, a dona Irenildes Neres de Brito, disse que o perigo maior é alguma criança cair na cisterna abandonada. “Aqui tem muitas crianças que banham nessa lagoa ai nos fundos”, acrescentando que o mau cheiro está insuportável. “Como que nós iremos almoçar, jantar ou sentar na porta de casa, com uma catinga dessa?', indaga a moradora.

A indignação da moradora, Vandecy Fialho Silva do Nascimento, que  mora bem próximo a área verde, é com o poder público.  A área verde fica nos fundos da casa dela. A dona de casa chegou a  procurar a Prefeitura de Paraíso do Tocantins, para solucionar o problema,  mas, segundo ela,  não  foi atendida.

“Eles me falaram que não  poderia me ajudar porque os maquinários estavam quebrados e que iriam pedir auxílio a uma empresa privada, para mandar uma retroescavadeira e uma caçamba (de aterro) para soterrar  a cisterna, mas até agora não  veio ninguém”, disse.

Ainda de acordo com a moradora, foi necessário fazer um périplo pela Prefeitura para buscar uma solução para  o problema que ainda persiste. “Eu falei com o Dr. Moisés (Avelino - prefeito) e com o vice-prefeito, Celso, mas até agora estamos sofrendo com o mau cheiro. Imagina como ficará nossas casas com o mau cheiro quando essa vaca  entrar  em decomposição? A cisterna continuará aberta, o que pode provocar uma acidente mais grave com nossas crianças”, concluiu.

 

Animal já está entrando em decomposição (Fotos: Marcio Greick)

Por: Marcio Greick (Colaboração)

Tags: Bairro Vila Regina