Polí­tica

Foto: Divulgação

O Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO) sedia o Encontro do Núcleo de Desenvolvimento Colaborativo para Solução JE Connect, com a participação de 14 TREs, incluindo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O evento teve início na manhã desta segunda-feira (20/8) e contou com a presença do presidente do TRE-TO, desembargador Marco Antony Villas Boas. O encontro de trabalho segue até a próxima sexta-feira, 24/8, e ocorre na sala de treinamento, no Anexo I do Tribunal.

“O JE Connect é um sistema fundamental, pois proporciona essa interatividade entre os homens, a política, a democracia e ao final o depósito do voto na urna eletrônica e a remessa de dados para o nosso sistema de totalização. É um trabalho de fundamental importância, o JE Connect mudou a realidade da totalização no Brasil, trouxe mais segurança, solidez e rapidez na apuração”, ressaltou o presidente do TRE-TO.

JE Connect

O JE Connect é um sistema desenvolvido pelo TRE-TO para garantir mais agilidade no resultado das eleições e economia com equipamentos de informática e logística.

Nas eleições neste ano, 25 TREs do país utilizarão o JE Connect, com mais de nove mil pontos de transmissão.

O JE Connect foi criado em 2008 e passou a ser desenvolvido de forma colaborativa para as eleições de 2010, pelos Regionais do Pará, Rondônia e Amazonas. Em 2012, passou a fazer parte da lista de sistemas oficiais, tendo a colaboração de 12 Regionais.

Desde então, o JE Connect tem evoluído e se tornado um dos sistemas eleitorais mais seguros, com a participação nos Testes Públicos de Segurança promovido pelo TSE, em 2016 e 2017.

“A praticidade do sistema está na característica de poder ser transportado em um pendrive. Com isso, há mais garantias de uma rápida e segura apuração e divulgação total dos votos, que podem ser enviados a partir de qualquer computador conectado ao Tribunal Eleitoral, em rede Virtual Private Network (VPN)”, explicou o secretário de tecnologia da informação do TRE-TO  Jader Gonçalves.