Meio Ambiente

Foto: Divulgação

O escritório Regional do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) de Lagoa da Confusão, entregou nesta sexta-feira, 21, à gerência de Fiscalização Ambiental do órgão, sete armas de fogo resultado de operações de fiscalização realizadas na região de Lagoa da Confusão.

Segundo o gerente da unidade, Evandro Rodrigues, as armas apreendidas são espingardas de diversos calibres. “As armas foram apreendidas durante ações de fiscalização nas margens dos rios e áreas de cerrado. Na oportunidade não foram encontrados os portadores das armas e como não foi gerado auto de infração, encaminhamos as armas para a fiscalização na sede do Naturatins”, manifestou.

O gerente de Fiscalização Ambiental do Naturatins, Hemyllyano Araújo, reforça que as armas abandonadas nos locais onde aconteceram as ações de fiscalização, depois de apreendidas são identificadas. “As armas ficam um período no Naturatins e posteriormente são entregues a polícia. Recentemente a polícia solicitou a entrega de uma arma apreendida ainda no ano de 2012”, relatou.

Hemyllyano Araújo complementou: “quando o infrator é pego em flagrante com uma arma caseira ou sem porte de arma, além de receber multa,  poderá ser processado criminalmente, porque é encaminhado para a polícia”, adiantou.