Polí­tica

Foto: Divulgação

Reunido com profissionais da Educação, o governador e candidato à reeleição Mauro Carlesse (PHS), defendeu na noite desta última segunda-feira, 24, que as campanhas de seus adversários sejam mais propositivas e sem ataques pessoais, como, segundo Carlesse, tem feito sua coligação, Governo de Atitude.

“Chamar adversário de ‘cara de pau’, por exemplo, não é maneira de fazer campanha. O povo não aprova esse tipo de ataque pessoal. Vamos falar de propostas, como estamos fazendo; mas propostas reais, não promessas mirabolantes, como alguns têm feito”, criticou Carlesse.

Carlesse lembrou também que, apesar das limitações financeiras do Estado e das restrições impostas pela legislação eleitoral, está cumprindo todas as obrigações, como o pagamento da data-base e dos salários dos servidores em dia; quitando débitos com fornecedores e prestadores de serviço do Plano de Saúde dos servidores públicos estaduais (Plansaúde) e do Instituto de Gestão Previdenciária do Tocantins (Igeprev).

“Estamos à frente do Governo há pouco mais de 90 dias. Ainda não tivemos tempo suficiente para fazer tudo o que não fizeram nos últimos quatro anos na área da educação, saúde, segurança, infraestrutura. Mas com fé em Deus e com o apoio dos tocantinenses, teremos mais quatro anos para melhorar o que já estamos fazendo”.

Ao citar uma reunião realizada na mesma noite com representantes de servidores públicos de todas as áreas, Carlesse lembrou que sua Gestão sempre esteve aberta ao diálogo, em busca de soluções para o cumprimento de direitos adquiridos, como promoções, progressões e pagamentos de diárias, em alguns casos atrasados desde 2012.

Representantes

Participaram da reunião o vice-governador Wanderlei Barbosa (PHS); a secretária de Estado da Educação, Adriana Aguiar; o reitor da Unitins, Augusto Rezende; a deputada federal e candidata à reeleição, Josi Nunes (Pros); e candidatos a deputado estadual e federação ligados à área da Educação.

Por: Redação

Tags: Eleições 2018, Mauro Carlesse, PHS