Polí­cia

Foto: Divulgação

A Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da 2ª Delegacia de Polícia Civil de Gurupi, cumpriu, na manhã desta terça-feira (25), mandado de prisão preventiva em desfavor de Felipe C. D.. Ele é suspeito de envolvimento em um crime de tentativa de latrocínio ocorrido no dia 16 de setembro, no Setor Sol Nascente, quando, juntamente com outro indivíduo, efetuou dois disparos de arma de fogo contra duas vítimas, a fim de roubar-lhes dinheiro, bem como seus aparelhos celulares.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Luiz Francisco Felizardo, após investigações, os policiais da 2ª DPC conseguiram identificar Felipe como sendo um dos autores do crime. Dessa maneira, o delegado representou, junto ao Poder Judiciário, pela prisão do indivíduo, a qual foi deferida e cumprida, nesta terça-feira, nas dependências da Casa de Prisão Provisória de Gurupi, uma vez que Felipe se encontra naquela unidade prisional, desde o dia 20 de setembro, quando foi preso por tráfico de drogas, mediante cumprimento a mandado de prisão temporária, durante as ações da operação Recidiva.

Após o cumprimento da ordem judicial, Felipe foi interrogado sobre o latrocínio tentado e confessou a autoria delitiva, dando sua versão do fato. As diligências continuam com o objetivo de identificar o co-autor do crime. 

As investigações terão continuidade visando identificar, localizar e prender o comparsa de Felipe, a fim de que o mesmo também possa responder pelo crime praticado, conforme determina a legislação penal vigente.