Polí­cia

A polícia continua as buscas por 15 presos que fugiram do presídio Barra da Grota em Araguaína na última terça-feira, 2. Mais dois fugitivos foram recapturados na manhã desta quinta-feira, 4. Marcos Pablo Soares de Carvalho foi capturado na mata e Lázaro Carneiro Gonçalves foi encontrado na casa da mãe em Araguaína.

Agentes de polícia durante captura de Marcos Pablo Soares de Carvalho, encontrado na mata

Um outro preso, Maurício Pereria da Silva, se entregou ainda na quarta-feira, 3, após ser baleado. Dos 28 presos que conseguiram fugir do presídio após uma rebelião, 10 foram mortos em confronto com a polícia.

As buscas que contam com auxílio de cães farejadores e um helicóptero, continuam na área de mata para onde os presos fugiram na terça-feira.

Helicóptero da Segurança Pública auxilia nas buscas aos fugitivos. Mata foi cerada pela polícia

Reféns

Os dois reféns que estavam em poder dos bandidos - a professora Elisângela Mendes Pereira e o chefe do plantão Roberto Aires - foram resgatados na noite desta quarta-feira, 3, depois de mais de 24 horas na mata sob a mira de armas e ameaças.

Elisângela e Roberto momentos após serem resgatados a mais de 1 km do presídio Barra da Grota

O resgate aconteceu a cerca de 1,5 km do presídio Barra da Grota. A professora e o servidor da unidade prisional foram obrigados a caminhar e se esconder durante toda a noite com os fugitivos. Após o resgate os dois foram levados para o Hospital Regional de Araguaína onde receberam atendimento médico.

Na rebelião, que começou por volta das 14h40 da última terça-feira dentro da sala de aula onde Elisângela dava aula, os presos fizeram ainda outros quatro servidores que trabalhavam no presídio como reféns. Eles foram feridos com golpes de chunchos e tiros e, por este motivo, foram liberados pelos bandidos. Todos passam bem.

Por: Adenauer Cunha

Tags: Barra da Grota, fuga