Polí­tica

Com a eleição dos vereadores de Palmas Ivory de Lira (PPL), Leo Barbosa (SD), Júnior Geo (PROS) e Vanda Monteiro (PSL) para a Assembleia Legislativa do Tocantins, 4 vagas serão abertas na Câmara Municipal de Palmas a partir de janeiro do ano que vem. Estas vagas serão preenchidas por vereadores suplentes.

Os substitutos serão: Claudemir Portugal (PRP) na vaga deixada por Vanda Paiva; Hélio Santana (PV) no lugar de Leo Barbosa; Moisemar Marinho (PODE) assumirá a vaga deixada por Ivory de Lira e Pastor Rogério (PRB) em substituição a Júnior Geo.

Os suplentes assumem as vagas a partir de 1º de janeiro e deverão ocupar os cargos até o ano de 2020 quando se encerra o mandato.

Pós eleição

A primeira sessão ordinária da Câmara Municipal após as eleições aconteceu nesta terça-feira, 9. Foi uma sessão sem matérias importantes apresentadas, mas os vereadores utilizaram a tribuna para comentar os resultados das eleições.

O presidente José do Lago Folha Filho (PSD), que concorreu ao cargo de deputado estadual e foi derrotado, foi o primeiro a fazer uso da palavra. Folha parabenizou os palmenses pelo comparecimento às urnas e pela “renovação da Assembleia, da Câmara e do Senado”. O presidente ainda parabenizou os colegas de parlamento que migrarão para a Assembleia Legislativa em 2019.

O vereador Filipe Fernandes (PSDC) também parabenizou Geo, Vanda, Ivory e Barbosa pela vitória nas urnas e destacou a expressiva votação de Leo Barbosa, eleito deputado estadual mais votado do Tocantins. Fernandes aproveitou ainda para alfinetar o ex-prefeito de Palmas Carlos Amastha (PSB) que foi derrotado por Mauro Carlesse (PHS) na votação para governador do estado. “Foi derrotado, escrachado e humilhado pela urna do Tocantins (sic)”, declarou o vereador.

Ainda nesta segunda-feira, 8, um vereador de oposição comentou com a reportagem do Conexão Tocantins que o resultado negativo de Amastha nas urnas foi o resultado de um processo de desgaste de sua imagem que teve início a partir do relacionamento ruim com a Câmara. O parlamentar disse ainda que, a partir de agora, Cinthia Ribeiro (PSDB) deverá abandonar de vez Amastha e construir uma boa relação com o parlamento, caso não queira ter o mesmo destino político do aliado.

Dimas

Tiago Dimas, eleito deputado federal mais votado do Tocantins e filho do prefeito de Araguaína Ronaldo Dimas, esteve presente na Câmara Municipal de Palmas na sessão desta terça-feira e recebeu os cumprimentos dos vereadores da capital.