Conexão Tocantins - O Brasil que se encontra aqui é visto pelo mundo
Polí­tica

Foto: Divulgação

A presidente da Assembleia Legislativa do Tocantins, deputada estadual Luana Ribeiro (PSDB), recebeu nesta última terça-feira, 16, os secretários da Fazenda e do Planejamento, Sandro Henrique Armando, da Casa Civil, Rolf Vidal, e o subsecretário de Planejamento, Sergislei Moura, que apresentaram os demonstrativos das metas fiscais para 2019-2021 da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

Elaborada anualmente com o objetivo de apontar as prioridades do governo para os próximos anos, a LDO foi protocolada na última segunda-feira, 15, na Assembleia Legislativa. Ela orienta a elaboração da Lei Orçamentária Anual (LOA), baseando-se no que foi estabelecido pelo Plano Plurianual (PPA).

Trata-se da previsão de receitas e diretrizes que formarão a Lei Orçamentária Anual (LOA), que deve ser encaminhada ao Legislativo até o dia 15 de novembro.

De acordo com o que foi apresentado pelos secretários do Governo a estimativa de receita para os próximos três anos é de R$ 10, 261 bilhões – receita própria e transferências constitucionais.