Conexão Tocantins - O Brasil que se encontra aqui é visto pelo mundo
Estado

Foto: Divulgação Encontro ocorreu em Brasília, para discutir a destinação dos recursos de Emendas de Bancada que o Estado tem direito Encontro ocorreu em Brasília, para discutir a destinação dos recursos de Emendas de Bancada que o Estado tem direito

Saúde, Educação e Segurança Pública são prioridades para o Governo do Tocantins, segundo afirmação do governador Mauro Carlesse, em Brasília (DF), nesta última quarta-feira, 17, durante a reunião com a Bancada Federal do Estado. O encontro ocorreu para discutir a destinação dos recursos de Emendas de Bancada que o Estado tem direito para o ano de 2019, conforme a Lei Orçamentária Anual (LOA).

Para o governador, o momento é de unir as forças em favor do Tocantins. "É sempre bom ter a Bancada reunida e, com a mudança na Bancada, queremos juntar todos os deputados e senadores com um único objetivo:  ajudar o Estado do Tocantins. A minha obrigação é fazer com que essas reuniões sejam cada vez mais frequentes, para não haver divisão de parlamentares e não prejudicar o nosso Estado, pelo contrário, vamos juntar as forças", afirmou.

No que diz respeito às prioridades para o Estado, o governador garantiu que a primazia será na área da educação, saúde e segurança pública. "Estamos trabalhando bastante para que a gente consiga o máximo que puder dessas emendas para saúde, segurança pública e educação. O nosso trabalho é unificar o Estado de forma que todos os parlamentares tenham compromisso com o que foi dito no período eleitoral e cumprir com os compromissos. Para isso é que estamos juntos", concluiu o governador.

Entenda a Lei Orçamentária Anual

Na LOA, constam todos os gastos que o Governo do Federal irá fazer durante todo o ano, tais como os recursos da Saúde, da Educação, da construção e manutenção de rodovias, entre outros. Na Lei Orçamentária Anual, estão presentes também os recursos que o Governo terá que transferir para os demais poderes.

O orçamento do Governo é feito de uma junção de verbas, que são provenientes de recursos arrecadados com taxas, impostos, empréstimos bancários e recursos do Governo Federal para investimento em diversas áreas. Os valores a serem destinados para cada área ficarão em aberto e serão decididos até o mês de novembro, prazo final para que a proposta da bancada tocantinense seja formalizada na Comissão Mista de Orçamento e Gestão.

Presenças

Junto com o governador Mauro Carlesse estavam os membros da Bancada Federal do Tocantins: os deputados Carlos Henrique Gaguim (DEM), Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM), César Halum (PRB), Josi Nunes (PROS), Lázaro Botelho (PP) e Milne Freitas (PT). E ainda a senadora Kátia Abreu (PDT) e os senadores eleitos Eduardo Gomes (SD) e Irajá Abreu (PSD). Também participaram da reunião o secretário de Representação, Renato de Assunção; a secretária da Educação, Adriana Aguiar; o secretário da Fazenda, Sandro Henrique; o secretário de Ações Estratégicas, Kelinton e o subsecretário de Planejamento, Sergislei Moura.