Conexão Tocantins - O Brasil que se encontra aqui é visto pelo mundo
Esporte

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Quando o Brasil chegou a três finais de Copas do Mundo consecutivas entre 1994 e 2002, muitos fãs de futebol ficariam chocados se tivessem sido informados de que a seleção não iria aparecer na final de nenhuma das próximas quatro Copas do Mundo. Mas essa é a realidade que a seleção brasileira enfrenta quando olha para o torneio de 2022 no Catar, que marcará mais de 20 anos desde a última vez que levantou o prêmio máximo do futebol.

Dado o fato de que o Brasil só participou de uma semifinal da Copa do Mundo desde 2002, que foi uma derrota humilhante por 7 a 1 para a Alemanha em casa, há uma sensação de que a seleção nacional não teve sucesso nos últimos anos na Copa do Mundo. Para analisar isso melhor, olhamos para o desempenho do Brasil em cada uma das últimas quatro Copas do Mundo para descobrir o que deu errado.

2006

O Brasil chegou à Copa do Mundo de 2006 na Alemanha como um dos grandes favoritos da casa de apostas Betfair, o que não era surpresa devido ao seu status de atual campeão. A Seleção avançou na fase de grupos com relativa facilidade, vencendo três das três partidas, antes de derrotar Gana confortavelmente e passar para as quartas de final.

Mas tudo deu errado nas oitavas de final, quando o Brasil enfrentou uma seleção francesa inspirada pelo enigmático capitão Zinedine Zidane. Os "Bleus" venceram por 1 a 0 e tiraram o Brasil da competição, esmagando o sonho do país de uma quarta final consecutiva de Copa do Mundo. Sem dúvida, foi uma oportunidade perdida ao se considerar o talento à disposição do Brasil.

2010

Embora a seleção brasileira tenha sido considerada mais fraca em 2010 do que quatro anos antes, eles ainda estavam entre os favoritos para vencer o torneio na África do Sul. Mais uma vez, três vitórias em três para o Brasil avançar confortavelmente para as oitavas de final, onde derrotou o Chile por 3 a 0 nas oitavas de final, antes de ser eliminado pela Holanda nas quartas-de-final.

Foi um golpe esmagador para a equipe, e as quartas-de-final representaram um desempenho atipicamente caótico do Brasil. Eles perderam o rumo enquanto a Holanda tinha uma atuação inspirada de Wesley Sneijder. O cartão vermelho de Felipe Melo resumiu e agravou uma tarde devastadora para o Brasil, com a segunda eliminação consecutiva nas quartas de final.

2014

A Copa do Mundo de 2014 foi vista como uma grande oportunidade para o Brasil. Foi uma Copa do Mundo em casa, com o Rio de Janeiro recebendo a final no famoso Estádio do Maracanã. Mas tudo deu errado da maneira mais horrível. O Brasil chegou bem para chegar às semifinais, mas na vitória nas quartas de final sobre a Colômbia, Neymar sofreu uma lesão nas costas que o deixou lesionado e encerrou sua participação no torneio.

Depois foi de mal a pior, com a derrota mais humilhante da história do país na semifinal, perdendo por 7 a 1 para a Alemanha, em uma partida que a maioria dos brasileiros gostaria de esquecer.

2018

A Copa do Mundo de 2018 foi outra boa chance para o Brasil ter sucesso, mas eles encontraram uma seleção belga que foi boa demais para eles naquela noite. Foi mais uma eliminação nas quartas de final e outra oportunidade perdida de reivindicar o título. Tudo o que os fãs do futebol brasileiro esperam é uma melhoria significativa em 2022.