Meio Ambiente

Foto: Luiz Henrique Machado

Foto: Luiz Henrique Machado

Com um total de 383 registros, o Tocantins é o nono estado brasileiro com maior número de focos de queimadas em 2022. A informação é com base em dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e representam o período de 1° de janeiro a 4 de maio de 2022. O término do período chuvoso no Estado trará, de agora em diante, preocupação para esta temática. 

Mato Grosso é o estado que lidera o ranking, com 2.242 focos no mesmo período. Bahia vem em segundo, com um total de 673 registros. Em seguida está Roraima (608 focos), Mato Grosso do Sul (606), Minas Gerais (535), Rio Grande do Sul (438), Goiás (437), Maranhão (416) e Tocantins (383). 

No ranking nacional de áreas de conservação estaduais com mais focos, está a Ilha do Bananal/Cantão, em 1° lugar, com 60 registros de queimadas. 

Em 2021 o Tocantins contabilizou 10.007 focos. 

Número Crescente 

Ao analisar-se os meses do ano, correlacionando com a temporada de chuva no Tocantins, o Estado vem apresentando crescimento considerável no número de focos. Em janeiro, mês de muita chuva, o Tocantins registrou um total de 57 focos. Em fevereiro foram 62 e em março, 49 (apresentou queda). Em abril, último mês da temporada de chuvas, o número saltou para 134 focos. E em maio, já são 81 registros. 

Dos 383 focos no Tocantins, 81 foram registrados apenas nos quatro dias deste mês de maio. Considerando esses dias, o Estado ocupa o 2° lugar no ranking nacional de queimadas, perdendo apenas para Mato Grosso, que acumula 145 focos no mesmo período.