Esportes

Foto: Hênio José

Foto: Hênio José

Com a proposta de valorizar as manifestações esportivas e culturais dos povos indígenas que vivem no Estado, a Secretaria da Educação (Seduc) teve a adesão, aceitação e envolvimento de todas as comunidades locais na disputa da primeira edição dos Jogos Escolares Indígenas do Tocantins. As seis etapas regionais, divididas por etnias, foram realizadas nas aldeias neste mês, e contaram com a participação de aproximadamente 600 estudantes indígenas.

As etapas aconteceram nas Diretorias Regionais de Educação (DREs) de Tocantinópolis, com o Povo Apinajé;  Araguaína, com Karajá Xambioá; Pedro Afonso, com os Krahô; Gurupi, com os Javaé; Paraíso do Tocantins, com os Karajá, Krahô Kanela e Awã Canoeiro; e Miracema, com o povo Xerente. 

Cada regional contou com a participação de cerca de 100 atletas. O evento foi destinado a alunos com idade entre 12 e 17 anos. Foram 11 modalidades em disputa: arco e flecha, arremesso de lança, luta corporal, corrida 100 metros rasos, corrida de resistência 2 mil metros, corrida de resistência 3 mil metros, corrida com varinha 4x100 metros, corrida com tora, cabo de guerra, natação e futebol society.

As escolas, equipes e atletas classificados nas etapas regionais participam da Etapa Estadual, prevista para ser realizada entre os dias 20 e 23 de outubro, em Palmas.

De acordo com o gerente de Educação Indígena da Seduc, Waxiy Maluá Karajá, os Jogos representam um feito histórico em prol dos povos indígenas do Tocantins. “Os Jogos Escolares Indígenas permitiram uma troca de conhecimento das modalidades que fazem parte das comunidades, como luta corporal, corrida de tora. Isso é valorização da cultura indígena. E trazer essa prática para dentro da escola em forma de competição junto aos jovens foi muito importante. Eles queriam muito vivenciar isso. Foi emocionante ver a alegria e a satisfação dos jovens representando as suas escolas e os seus povos”, frisou.

Para o secretário executivo da Educação, Edinho Fernandes, o evento reforça a força cultural das etnias e fomenta o esporte entre os jovens. “A Secretaria da Educação lançou os Jogos Indígenas do Tocantins para promover a integração entre os povos e o intercâmbio de valores culturais, por meio da prática esportiva. Uma ação educativa que valoriza as manifestações esportivas das comunidades indígenas que vivem no Estado”, destacou.