Economia

Foto: Philipe Ramos

Foto: Philipe Ramos

O presidente da Junta Comercial do Estado do Tocantins (Jucetins), José Aníbal, reuniu-se em seu gabinete na manhã dessa quinta-feira, 12, com gerentes do escritório responsável pelo setor público do Banco do Brasil (BB) no estado, para conhecer e debater soluções tecnológicas que a instituição bancária oferece para órgãos como a Jucetins.

O gerente geral do Escritório de Setor Público no Tocantins, Márcio Correa, e o gerente de relacionamento do mesmo escritório, João Marcos Ferreira, expuseram ao presidente o trabalho que o BB faz para inovar, principalmente na área de arrecadação.

Recentemente, a Jucetins foi um dos primeiros órgãos a aderir ao sistema de pagamento instantâneo, o PIX, que é fruto de um convênio com o Banco do Brasil. “Hoje, o contribuinte paga suas taxas na Jucetins por meio do PIX. Isso trouxe mais agilidade para o registro empresarial, pois é tudo instantâneo, fazendo com que o processo seja liberado rapidamente. Isso só foi possível graças ao bom relacionamento que temos com o BB”, afirmou o presidente Aníbal.

“A Junta Comercial sempre procura aderir às inovações tecnológicas para aprimorar os seus serviços e simplificar a abertura de empresas. Acreditamos que juntos com o Banco do Brasil podemos fomentar ainda mais o empreendedorismo no estado”, afirmou o presidente Aníbal.

De acordo com o gerente Márcio Correa, o Banco do Brasil é um parceiro do Governo do Estado. “Nós temos muitas soluções tecnológicas avançadas para facilitar a arrecadação de taxas e para agilizar todo o processo, tornando a jornada do empresário na abertura da sua empresa mais rápida e fluída”, frisou.

O gerente de relacionamento João Marcos ressaltou que o BB está se colocando à disposição para os órgãos estaduais. “A gente quer trazer inovações tecnológicas para que a Junta possa atender da melhor forma os seus contribuintes”.

Participaram da reunião também o vice-presidente da Jucetins, Juarez Lobo, e a gerente de execução orçamentária e contábil da Jucetins, Jaciones Oliveira.