Saúde

Foto: Nielcem Fernandes

Foto: Nielcem Fernandes

Mais uma semana movimentada nas unidades hospitalares de gestão Estadual, com mutirões de procedimentos eletivos, realizados pelo Programa de Aprimoramento da Gestão Hospitalar (PAGH-Cirúrgico), conhecido como Opera Tocantins. As cirurgias ocorreram no Hospital Geral de Palmas (HGP), Hospital Regional de Porto Nacional (HRPN), Hospital Regional de Guaraí (HRGUA), Hospital Regional de Paraíso do Tocantins (HRPT), Hospital Regional de Miracema (HRM) e Hospital Regional de Arapoema (HRAR) realizaram 69 procedimentos eletivos das especialidades ginecológicas, urológicas, clínica geral e de cabeça e pescoço.

Uma das pacientes beneficiadas foi Francisca de Fátima França, moradora de Porto Nacional que falou sobre o atendimento após a cirurgia de histerectomia. “Eu estava a mais de ano esperando esta cirurgia, tinha muito sangramento e graças a Deus agora fui atendida. Agradeço ao Governo do Estado por esta iniciativa de mutirão que nos atendeu e resolveu nosso problema. Agradeço também a flor que recebi hoje, nunca tinha recebido e foi uma felicidade”, afirmou.

A aposentada Elizabete Benneti Martins acompanhou a filha Marina Benneti, na internação do pós-operatório do mesmo procedimento, também no HRPN. “Minha filha estava a dois anos aguardando a cirurgia de histerectomia, mas agora ela foi atendida e estamos felizes com o atendimento, a acolhidas das equipes de médicos, enfermeiras, a estrutura do hospital, nada a reclamar. Um presente de dia das mães para ela e para mim”.

O Governo do Tocantins trabalha várias estratégias para atendimento da população que aguarda por um procedimento cirúrgico eletivo em tempo oportuno. “Nosso objetivo, por determinação do governador Wanderlei Barbosa, é reduzir o tempo de espera por este tipo de procedimento. Quero agradecer as nossas equipes que fazem eletivas dentro dos seus plantões, e às que aderem ao Opera Tocantins, elas têm feito a diferença na vida de muitas pessoas. Além disso, mantemos convênios com os municípios para a realização de cirurgias nos hospitais de pequeno porte e a contratação de hospitais privados que realizam cirurgias ortopédicas e cardíacas”, disse o secretário de Estado da Saúde, Afonso Piva de Santana.

Dados

Este ano já foram realizadas 5.277 cirurgias eletivas no Tocantins. Desde o início da atual gestão, em outubro de 2021, já foram feitos mais de 17 mil procedimentos eletivos.