Palmas

Foto: Luciana Pires

Foto: Luciana Pires

A futura sede da Casa da Mulher Brasileira, em Palmas, está saindo do papel. A construção está na fundação do prédio e, segundo a Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seisp), que supervisiona a obra, a terraplanagem do terreno foi concluída, assim como as fundações do tipo sapatas. Nesta quarta-feira, 26, estão sendo executadas as vigas baldrames e, posteriormente, serão executados os pilares e a alvenaria.

O prédio sediará um novo equipamento público destinado à oferta de serviços especializados e multidisciplinares, como de saúde e judicial, para mulheres em situação de violência. O terreno fica na Quadra ACSE 90, antiga 902 Sul, Avenida NS-02 na APM 15 e tem 6.825 metros quadrados, dos quais 1.349,48 metros quadrados serão de área edificada.

O investimento na obra é de R$ 5.544.523,10 em recursos do Ministério das Mulheres, dos quais R$ 684 mil são contrapartida municipal. A previsão de entrega das instalações é março de 2024. A empresa vencedora de licitação é a Rodes Engenharia e Transporte Ltda.

O equipamento é inédito no Tocantins. A sede seguirá padrão já adotado em outras casas implantadas pelo Brasil, com adaptações para adequação do projeto-base ao terreno de Palmas feitas pelo Instituto Municipal de Planejamento Urbano de Palmas (Impup). (Secom Palmas)

(Foto: Impup)