Saúde

Foto: Divulgação Secom/TO

Foto: Divulgação Secom/TO

A carreta de saúde Roda-Hans, unidade móvel para o combate à hanseníase, inicia os atendimentos para os moradores da região de saúde Capim Dourado, em Palmas, no período de 12 a 16 de setembro. A ação conjunta da Secretaria de Estado da Saúde do Tocantins (SES-TO), secretarias municipais de saúde, Ministério da Saúde (MS) e rede de Laboratórios Novartis, irá ofertar conscientização, diagnóstico precoce e encaminhamento do tratamento para hanseníase.

A hanseníase é uma doença infecciosa, contagiosa e crônica, causada pela bactéria Mycobacterium Leprae, que afeta os nervos e a pele. A ação da carreta Roda-Hans é importante porque quanto mais rápido o diagnóstico, mais fácil é a cura da doença. O tratamento é via oral e a cura começa a partir do momento que é iniciado, além disso, também é interrompida a transmissão da doença e suas complicações.

Os atendimentos serão iniciados nesta semana, um dia após a capacitação teórica ofertada para médicos da região. “Esta ação tem como objetivo principal qualificar em serviço os profissionais médicos na avaliação clínica e diagnóstico para hanseníase, e consequentemente uma melhorar os serviços ofertados à população tocantinense", afirmou a coordenadora estadual da hanseníase, Márcia Faria e Silva.

Cronograma de atendimentos

Moradores da região de saúde capim dourado, composta pelas cidades de Palmas, Porto Nacional, Ponte Alta do Tocantins, Santa Rosa, Silvanópolis, Mateiros, Ipueiras e Monte do Carmo serão atendidos nos dias 12 a 16 de setembro, no Núcleo de Assistência Henfil de Palmas, endereço quadra 1102 sul, rua NS B, 422 – Arse, CEP 77001-970. (Secom/TO)