Polí­cia

Foto: Freepik

Foto: Freepik

No mês de outubro, quando é celebrado o dia do idoso, as forças de segurança do Tocantins atuarão de forma conjunta na Operação Virtude, que tem início nesta segunda-feira, 2, com o objetivo de combater diversas formas de violências praticadas contra pessoas idosas. A operação segue até o dia 31 de outubro em todo o Estado.

De acordo com dados da Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos, houve um aumento de 38% nos casos de violência contra pessoas idosas no primeiro semestre de 2023 em relação ao mesmo período do ano passado. Nesse sentido, a Operação Virtude, promovida pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) e coordenada pela Secretaria da Segurança Pública do Tocantins (SSP-TO) em território estadual, surge como uma forma de intensificar as ações de enfrentamento da violência contra os idosos. 

O delegado da 1ª Delegacia Especializada de Atendimento à Vulneráveis (DAV - Palmas), Ricardo Real, destaca a importância da operação. “Todas as formas de violência contra o idoso são também uma violação aos direitos humanos, e, portanto, devem ser denunciadas e receber total atenção do poder público. Dessa forma, a Operação Virtude é de extrema relevância para a proteção aos idosos vítimas de violência e também para potencializar as ações já realizadas pela Polícia Civil nesse sentido”, completou.

Entre as ações previstas para ocorrerem durante a Operação Virtude estão a apuração de denúncias de crimes de violência contra pessoas idosas, instaurar/concluir inquéritos policiais, levantamento de mandados de prisão em aberto e/ou alvos para que sejam cumpridos, realizar ações educativas e palestras, entre outras.

A Operação Virtude conta com atuação da Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins (CBM-TO), Serviço Social do Comércio (Sesc Tocantins), instituições municipais e ocorre, inicialmente, nas cidades de Palmas, Araguaína, Gurupi, Porto Nacional, Araguatins, Paraíso do Tocantins, Tocantinópolis, Dianópolis, Pedro Afonso e Wanderlândia. (SSP/TO)