Polí­tica

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O ex-presidente da República e presidente de honra do PL, Jair Bolsonaro, chegará a Palmas nesta sexta-feira, 7, para uma série de compromissos com a militância e lideranças do partido no Estado. A visita, organizada pelo PL Tocantins, será marcada por uma grande carreata e outros eventos que vão reunir milhares de pessoas.

A carreata terá início às 10 horas, com saída do Aeroporto de Palmas e percurso que inclui a avenida Teotônio Segurado, LO 27, NS 4, LO 15/Avenida Palmas Brasil, NS 2, Feira Coberta da 304 Sul, LO 3, NS 4, Av. JK, NS 2, LO 1 e finalização no estacionamento do Hotel Rio Sono. A comitiva será recepcionada pelo presidente do PL Tocantins, senador Eduardo Gomes, juntamente com a deputada estadual e pré-candidata a prefeita de Palmas, Janad Valcari, a presidente do PL Mulher Tocantins, Nilmar Ruiz, o deputado federal Eli Borges, além de outros apoiadores e lideranças políticas do partido.

“É com muita alegria que recebemos o presidente Bolsonaro em nosso estado. Essa visita é uma demonstração de força do PL Tocantins e reforça o compromisso do partido com os valores que defendemos. Para que dê tudo certo, fizemos uma solicitação à Prefeitura de Palmas para que a equipe responsável pelo trânsito faça o acompanhamento do trajeto”, declarou o senador Eduardo Gomes.

A esposa de Bolsonaro, a presidente nacional do PL Mulher, Michelle Bolsonaro, chega a Palmas já nesta quinta-feira, 6, para acompanhar as atividades do partido no Estado.

Eventos com foco em apoio e organização política

Ainda na sexta-feira, à noite, o ex-presidente participa do “Palmas com Bolsonaro”, evento organizado por evangélicos que deve reunir cerca de três mil pessoas no Prince Eventos, a partir das 19 horas. A entrada é livre.

No sábado, 8, Bolsonaro e Michelle se juntam ao PL Mulher em um encontro na Arena Bacuri, a partir das 8 horas. Para participar, é necessário realizar inscrição gratuita pelo Sympla.

A visita de Bolsonaro a Palmas promete movimentar a cena política do estado, com foco na mobilização de apoiadores e organização partidária para as eleições de 2024.