Cursos & Concursos

Jornalistas e comunicadores da região amazônica já podem concorrer a uma das 50 vagas para a segunda edição da Formação Online Amazônia Vox, iniciativa gratuita realizada por meio de parceria institucional com a Fundação Lemann. As inscrições ficam abertas entre os dias 17 de junho e 1° de julho.

As sessões serão realizadas exclusivamente online, com até 1h30 de duração, entre julho e setembro de 2024. Os assuntos passam por ética e inteligência artificial na comunicação, produção de podcasts com temas regionais, criação e engajamento nas redes sociais, oportunidades de editais de reportagem e recomendações para não reproduzir preconceitos sobre a Amazônia no jornalismo.

A divulgação dos selecionados ocorrerá no dia 10 de julho e a escolha dos participantes vai considerar a diversidade étnico-racial, regional e de gênero. Serão escolhidos pelo menos cinco participantes de cada estado da Amazônia Legal: Acre, Amazonas, Amapá, Roraima, Rondônia, Pará, Mato Grosso, Tocantins e Maranhão. No ano passado, o treinamento registrou quase 200 inscrições. Para esta segunda edição, foram priorizados instrutores da própria região amazônica, além de temas que apoiem os jornalistas e comunicadores na produção de conteúdo sobre a Amazônia.

Programação

17/7 - Planejamento e gestão de conteúdo de causa com foco socioambiental - com Larissa Noguchi e Daniel Nardin

31/7 - Criação de conteúdo e engajamento nas redes – com José Kaeté e Amanda Campelo

07/8 - Combate à desinformação e ética no uso de Inteligência Artificial - com Marta Alencar

21/8 - Elaboração de projetos de reportagem e oportunidades de bolsa – com Alice Martins

04/9 - Podcasts com temática regional: como criar e distribuir conteúdo – com Maickson Serrão

18/9 - Como não reproduzir preconceitos sobre a Amazônia na comunicação – com Joice Santos e Tarisson Nawa

Conheça mais sobre os instrutores

Amanda Campelo

Natural de Belém, produz conteúdo para redes sociais desde 2012. De lá pra cá já trabalhou com marcas como Natura, Ambev, Havaianas, Melissa, Renner, CVC, Club Social, entre outras. Formada em jornalismo pela Universidade Federal do Pará, também passou pelas redações da Rádio e TV Cultura do Pará e O Liberal. Nos últimos anos, tem feito a dobradinha entre publicidade e jornalismo com a produção de conteúdo para seus perfis nas redes sociais e atuando como apresentadora, locutora e mestre de cerimônias em projetos e eventos na capital paraense.

Alice Martins

Jornalista, especialista em Comunicação Científica é Fellow da Earth Journalism em 2024. É membro do Desafios do Hidrogênio Verde - Climate Tracker América Latina. Foi a única selecionada da região Norte a participar do treinamento Workshop Women in Science - British Council, 2018. Vencedora da região Norte do programa FactCheckLab - Agência Lupa, 2020. Como premiação, participou do IVLP da Embaixada dos EUA, com intercâmbio profissional. Foi uma dos 25 jornalistas do mundo premiados com a Covering Rare Diseases 2022 Fellowship - National Press Foundation.

Daniel Nardin

Jornalista pela Universidade Federal do Pará (UFPA) e mestre em comunicação pela Universidade de Brasília (UnB). É fellow 2024 do International Center for Journalists (ICFJ) e instrutor acreditado de Jornalismo de Soluções pela Solutions Journalism Network (SJN). Idealizador e coordenador do projeto Amazônia Vox, que trabalha com Jornalismo de Soluções a partir da Amazônia e desenvolve um banco de fontes de conhecimento da região e uma rede de freelancers de comunicação do território. Foi diretor de jornalismo do Grupo Liberal (Belém-PA) e secretário de estado de comunicação do Estado do Pará.

José Kaeté

Ativista indígena kaeté-tupinambá do Pará, engenheiro de produção, viajante apaixonado, fotógrafo amador e encantado por compartilhar histórias. Ele cria conteúdo no @zenarede sobre os diferentes contextos da Amazônia e das pautas do movimento indígena como fruto da sua história e dos mais de 9 anos trabalhando com comunidades tradicionais na Amazônia. Atualmente, está como Produtor de Impacto do filme ‘O Território’ e líder do Centro Cultural e de Mídia Jupau.

Marta Alencar

Doutoranda em Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS). Professora substituta da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Mestra em Comunicação pela Universidade Federal do Piauí (UFPI). Jornalista. Fundadora da COAR (Startup Jornalística e Educacional de Debunking e Fact-checking no Nordeste) e do E-COAR Podcast. Também idealizadora de manuais de checagens regionais. Ganhadora de nove prêmios, incluindo oito de Jornalismo. Em 2021, participou da Primeira Edição do Programa de Residência Comprova, sendo a única representante do Piauí. Além disso, atua como fact-checker.

Joice Santos

Jornalista pela UFPA e Mestra em Comunicação e Culturas Contemporâneas pela Universidade Federal da Bahia. É analista de Ciência e Tecnologia do Museu Paraense Emílio Goeldi/MCTI, onde chefiou a  Comunicação Social e coordenadoria de divulgação científica. Atualmente, coordena o Laboratório de Comunicação Pública da Ciência na Amazônia e a comunicação do INCT NEXUS. Foi coordenadora de Divulgação Científica da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente do Estado do Pará. Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Jornalismo Científico, Edição de impressos e audiovisual, Comunicação Pública da Ciência, Organização e Gestão da Comunicação Institucional e Análise de Discurso. Como docente de cursos de Pós-Graduação ministrou disciplinas sobre Assessoria de Comunicação e Comunicação da Ciência.

Larissa Noguchi

É jornalista e faz parte da equipe de comunicação do FUNBIO, Fundo Brasileiro para a Biodiversidade e é fellow da Youth Climate Leaders (YCL). Já foi repórter e apresentadora no Pará e tem ampla experiência com redação jornalística. Trabalhou também com comunicação pública, no Governo do Pará, como assessora, produtora e diretora de comunicação digital. No terceiro setor, liderou a comunicação digital da Mandí ORG e do Climate Policy Initiative – Puc/Rio. Como criadora de conteúdo digital, já fez várias campanhas digitais para grandes marcas como Natura, Nubank, O Boticário, Corona e outras organizações como GreenPeace, Imazon, Habitat Brasil e ONU.

Maickson Serrão

Natural de Boim, comunidade ribeirinha de Santarém, no Pará, mora em Manaus, capital do Amazonas. É jornalista e mestrando em Ciências Humanas pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA). É indígena, contador de histórias e criador do Podcast Pavulagem, que conta histórias dos seres encantados da floresta amazônica.Tem anos de dedicação e projetos voluntários de educação e fomento às mídias comunitárias e de protagonismo juvenil. Em 2023, participou do Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça. É membro da Rede de Líderes da Fundação Lemann.

Tarisson Nawa

Indígena do povo Nawa – Parque Nacional da Serra do Divisor, Mâncio Lima, Acre –, graduado em Jornalismo pela UFPE, mestre em Antropologia Social pelo Museu Nacional da UFRJ. Doutorando em Comunicação pela UnB e doutorando em Antropologia Social pela UFRJ. Foi Assessor de Comunicação do Podáali - Fundo Indígena da Amazônia Brasileira; do Fórum Nacional de Educação Escolar Indígena (Fneei); da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso Brasil); além de ter atuado como jornalista da Defensoria Pública da União (DPU). Atualmente, desenvolve trabalhos pela rede de comunicadores indígenas do Acre (Tetepawã Comunica) e rede de jovens comunicadores indígenas da Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (COIAB). É co-fundador da Articulação Brasileira de Indígenas Jornalistas (Abrinjor) e integrante da Articulação Brasileira de Indígenas Antropóloges (ABIA). (Analítica Comunicação)