Conexão Tocantins - O Brasil que se encontra aqui é visto pelo mundo
Polí­tica

Foto: Mariana Ferreira

Durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta quinta-feira, 30, na Câmara de Palmas, o presidente da Casa, vereador Folha Filho (PSD) destacou a importância de Iris Rezende (PMDB) para o cenário político nacional. Atual prefeito de Goiânia e ex-governador de Goiás, Iris Rezende está na Câmara para receber o Título de Cidadão Palmense.

“Ele é a história viva da política brasileira. Tem honestidade e lealdade, principalmente por respeitar sempre e tratar o povo de seu estado com o maior zelo possível”, ressaltou o presidente da Casa. Para Folha Filho, recepcionar um evento tão importante e ainda recebendo presenças ilustres como a do governador Marcelo Miranda (PMDB) é motivo de muita alegria para todos os parlamentares.

Iris Rezende afirmou que está emocionado com a homenagem e pelo carinho que recebeu do povo tocantinense. “Confesso que não tenho palavras para descrever minha emoção. Me emocionei quando cheguei na cidade. Acompanho a luta dos tocantinenses, a conquista daquela população que vivia isolada. Conheci a região antes e vendo como está agora tenho certeza que valeu a pena apoiar a criação do estado”, frisou.

Na ocasião, Marcelo Miranda também falou sobre a homenagem a Iris Rezende. Destacou que esta quinta-feira é uma data especial para Palmas e falando diretamente ao gestor goiano, disse que era “dia de reencontrar famílias que o senhor ajudou, cuja história o senhor faz parte”. E completou que “esse título é muito merecido. Mostra que vale a pena lutar pelo povo brasileiro”.

Recado à população

Ao responder as perguntas da imprensa durante a coletiva, Iris Rezende, que está política desde 1958 quando foi eleito vereador de Goiânia, deixou um recado para a população. “Temos que mostrar o valor da democracia. O cidadão tem que ter consciência do seu voto, porque ele vale o futuro de seus filhos, o bem estar da nossa sociedade. Tenho certeza de que nas próximas eleições vamos ter um novo tempo na política”, finalizou.