Conexão Tocantins - O Brasil que se encontra aqui é visto pelo mundo
Educação

Foto: Marcio Vieira

Os primeiros 68 professores efetivos da rede, aprovados no processo seletivo para o cargo de diretores escolares, foram designados pelo governador Marcelo Miranda para o exercício da função a partir do ano letivo de 2018.

Os novos diretores passarão ainda por um período de formação, e durante gestão de até três anos, serão avaliados continuamente sobre o cumprimento das metas estabelecidas no Plano de Ação apresentado.

“A seleção por meio de qualificação técnica e a possibilidade de formação, o monitoramento e avaliação constante dos resultados, são muito importantes no fortalecimento da Gestão Escolar. Neste governo, continuamos, passo a passo, dentro de um planejamento pré estabelecido, buscando a garantia de educação de qualidade para todos tocantinenses”, disse a Secretária de Educação Juventude e Esportes, professora Wanessa Zavarese Sechim.

Etapas

O certame foi realizado em quatro etapas. A Avaliação de Competência Técnica, por meio de Prova Objetiva, com caráter eliminatório e classificatório, ocorreu em outubro. A segunda e terceira etapas consistiram na entrega do Plano de Gestão dos candidatos e na Apresentação de Títulos, ambas no início de novembro. A última etapa foi a Entrevista, focada na avaliação do conhecimento do candidato sobre gestão escolar, experiência acadêmica e profissional e argumentação em relação à aplicabilidade do Plano de Gestão.

“Os planos de trabalho traçam metas, objetivos voltados à melhoria do aprendizado dos alunos, por meio de uma gestão compartilhada, democrática, transparente”, revela a professora Wanessa, lembrando que os diretores  colocarão seus planos em ação já no início do ano letivo de 2018, e que os mesmos serão monitorados e avaliados pela equipe da Educação em todas as suas etapas