Polí­tica

Foto: Divulgação

O candidato ao Governo do Tocantins, Mário Lúcio (Psol) esteve nessa segunda-feira, 28, em Porto Nacional onde se reuniu com lideranças e pessoas que trabalham com a área da economia solidária. O encontro teve o objetivo de discutir propostas para fomentação de projetos que possam gerar emprego e renda para a população do Tocantins mesmo em um cenário de crise.

A economia solidária se baseia na forma de autogestão e compreende uma variedade de práticas econômicas e sociais organizadas sob a forma de cooperativas, associações, clubes de troca, empresas autogestionárias, redes de cooperação, entre outras. “Esse tipo de economia é uma forma opção inovadora na inclusão social e na geração de trabalho. Ela engloba os princípios da democracia, solidariedade, cooperação, respeito à natureza e um consumo mais solidário e consciente”, explicou Mário Lúcio.

Ainda durante a conversa, Mário Lúcio discorreu sobre o trabalho que desenvolveu como procurador do Ministério Público Federal (MPF) na área da preservação da natureza, em especial o bioma Cerrado, e também em prol das causas das minorias, como os povos indígenas e quilombolas.