Polí­tica

Foto: Esequias Araújo

O ministroTarcísio Vieira de Carvalho Neto negou seguimento ao recurso da candidata ao governo Kátia Abreu (PDT), contra ao registro da candidatura de Mauro Carlesse (PHS) na eleição suplementar do próximo dia 3 de junho. A decisão publicada no início da noite desta segunda-feira, 28, encerra o processo e não irá nem a julgamento pelo plenário. Com isso, a candidatura de Mauro Carlesse ao Governo do Estado não detém mais nenhum questionamento e está confirmada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O Magistrado ainda citou que o próprio Tribunal Regional Eleitoral (TRE) já havia declarado que o registro de candidatura de Mauro Carlesse só foi realizado após as 19 horas, em virtude do acúmulo de registros de candidatos sendo realizados ao mesmo tempo no Tribunal. No entanto, os advogados já estavam munidos de senha, adquiridas junto ao TRE, dentro do horário determinado pela Justiça Eleitoral.

A argumentação da coligação de Kátia Abreu era de que Mauro Carlesse teria solicitado o registro de sua candidatura fora do horário determinado pela Justiça Eleitoral, tese que já havia sido derrotada no TRE.

A Procuradoria-Geral Eleitoral já havia publicado parecer em que opinava pela rejeição do recurso de Kátia Abreu.