Economia

Entre janeiro e abril de 2018, o Tocantins registrou 22.465 admissões e 21.850 demissões, totalizando uma variação positiva de 615 novas vagas de trabalho. Esse resultado é 220% maior que o alcançado no mesmo período de 2017, quando a variação ficou em 192 postos de emprego com carteira assinada. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, e estão disponíveis para pesquisa no link: https://bit.ly/2q8G0zb.

A evolução do emprego formal é calculada levando em consideração os setores econômicos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que são: comércio, serviços, extrativa mineral, indústria de transformação, serviços industriais de utilidade pública, construção civil, administração pública e agropecuária.

Entre as maiores cidades do estado, Palmas obteve um saldo negativo no primeiro quadrimestre de 2018, com -272 vagas. Também tiveram mais desligamentos que contratações os municípios de Porto Nacional (-60) e Araguatins (-4). Já entre as que apresentaram criação de empregos estão: Gurupi (288), Araguaína (73), Paraíso do Tocantins (70) e Colinas do Tocantins (45).

Setores

O comércio, que abrange tanto o varejo quanto o atacado, registrou a maior variação negativa no mês de janeiro, com -137 em todo o estado, e o melhor resultado foi alcançado em março, com 113 novas vagas no setor. Já entre os segmentos de serviços, nos primeiros quatro meses do ano só foram informados dados positivos, com destaque para abril com 450 empregos criados.

Por: Redação

Tags: Caged, IBGE, Ministério do Trabalho