Polí­tica

Foto: Divulgação

Durante a Sessão de Julgamentos desta quarta-feira, 29, o Pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO) deferiu o Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidários (DRAP) das Coligações “Renova Tocantins” (PSB/PSDB/PR/PODE/MDB), "Junto com o Povo" (PSL/PMB/PRP/PMN), “Tocantins de Oportunidade” (PHS/Avante/PROS/DEM/PTC/PP/SD/PATRI/PRB) e da coligação majoritária “Governo de Atitude” (PHS/SD/PP/DEM/PTC/PRB/Avante/PATRI/PROS).

O deferimento do Drap é o primeiro passo para habilitar os candidatos para participar das eleições desse ano.

O Drap é um formulário que contém o conjunto de informações relevantes para validar o registro das candidaturas das coligações e partidos. O demonstrativo aponta a data em que a convenção foi realizada, os gastos máximos a serem utilizados pelas coligações na campanha eleitoral, os percentuais de sexo feminino e masculino e a relação dos candidatos que irão concorrer nas eleições, tudo devidamente registrado em ata.

Coligações

Foram deferidos os registros das coligações ''Renova Tocantins'' e ''Junto com o Povo'', para os cargos de deputado federal e deputado estadual. 

O registro da coligação ''Tocantins de Oportunidades'', foi deferido para o cargo de deputado federal.

O registro da coligação “Governo de Atitude”, que tem como candidato à reeleição o governador Mauro Carlesse (PHS) foi deferido para os cargos de governador, vice-governador, senadores e suplentes de senador.