Polí­tica

O programa eleitoral do tucano Ataídes Oliveira nesta sexta-feira, 7, teve como foco a atuação decisiva do senador contra as altas taxas cobradas no rotativo dos cartões de crédito. Foi Ataídes quem propôs e presidiu a Comissão Parlamentar de Inquérito que investigou a cobrança abusiva de juros por parte dos bancos e das operadoras. 

Os juros do rotativo, que chegaram a 494% ao ano, caíram para 261% ao ano depois da atuação da CPI, encerrada no último mês de julho.

“O Banco Central fez o compromisso comigo de que até o final do ano os juros vão ficar abaixo de 200% ao ano, mas o nosso propósito é que cheguem a 90% ao ano, que é uma taxa decente”, diz Ataídes no vídeo. Ao longo dos três meses de trabalho da CPI, o candidato à reeleição pela coligação A Verdadeira Mudança enfatizou que nenhum país do mundo cobra juros tão extorsivos; nos países vizinhos, a taxa média gira em torno de 40% ao ano.

Lojistas

Além de baixar os juros para o consumidor, outra preocupação de Ataídes é garantir alívio financeiro para os lojistas, que hoje têm de esperar trinta dias para receber as vendas feitas em cartões de crédito. O programa eleitoral lembra que o senador apresentou projeto de lei reduzindo esse prazo de recebimento para dois dias.

“No resto do mundo, o lojista vende hoje e recebe amanhã. Ele precisa ter acesso ao seu dinheiro para investir no seu negócio e gerar mais emprego e renda”, justifica o senador ao final do vídeo. Ataídes também apresentou projeto para permitir que os empresários possam negociar com qualquer instituição financeira a antecipação dos seus recebíveis – o dinheiro que têm a receber com as vendas no cartão. 

Por: Redação

Tags: Ataídes Oliveira, Eleições 2018, Senado