Polí­tica

Foto: Divulgação

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO), desembargador Marco Antony Villas Boas, fará nessa segunda-feira, 24, durante a sessão de julgamento das 17h, o lançamento das cartilhas bilíngues do projeto de “Inclusão Sociopolítica das Comunidades Indígenas do Tocantins”. A produção gráfica conta com exemplares editados nas quatro línguas mães dos indígenas do Tocantins, Povos Meri, Yny, Panhi e Akwê (Kraô, Xerente, Apinajé e Karajá /Javaé/Xambioá), que, de forma didática, apresenta ao eleitor indígena informações importantes que lhes permitem compreender o processo eleitoral, visando a participação mais consciente e efetiva.

Dentre os conteúdos abordados nas cartilhas estão noções básicas acerca do voto, campanha eleitoral, votação eletrônica e principais crimes eleitorais.

O projeto

O projeto de Inclusão Sociopolítico das Comunidades Indígenas do Tocantins foi instituído pela Justiça Eleitoral visando garantir o pleno direito ao exercício da democracia. Em uma grande mobilização, juízes eleitorais e servidores visitaram aldeias até o fim deste mês de setembro promovendo a participação de representantes de todas as etnias do Estado, buscando a efetivação dos direitos ligados à cidadania, como o voto.