Palmas

Foto: Francisca Coelho

Representando o Ministério Público Estadual (MPE), as promotoras de Justiça de Palmas, Katia Chaves Gallieta, titular da Promotoria de Justiça do Consumidor e Maria Roseli Almeida Pery, titular da Promotoria de Justiça da Saúde, além de servidores da instituição, realizaram vistoria nesta última segunda-feira, 24, para verificar o andamento das obras da Feira da 307 Norte e a adequação das instalações de acordo com as regras sanitárias.

Durante a inspeção, foram apresentados os boxes individuais, onde os feirantes poderão vender comida e deverão levar o alimento já preparado para o cozimento.

Já os novos boxes para manipulação de aves e peixes devem ser equipados com balcão refrigerado, serra fita e câmara.

Na vistoria, foi constatado que a instalação da caixa de gordura dentro dos boxes está em desacordo com as regras sanitárias, pois não são vedadas, lacradas e sifonadas para não contaminar os alimentos. Questionado sobre a possibilidade de retirada das caixas de gordura da parte interna do box, o secretário de Desenvolvimento Rural (Seder), Roberto Sahium, ressaltou que a Prefeitura não dispõe de recursos para trocar todas as caixas de gordura ou colocá-las do lado de fora dos boxes.

Outro problema detectado foi a falta de vigilância para evitar a ação de vândalos durante o período de obra. O secretário Sahium comprometeu-se a providenciar vigilância para o local.

A promotora de Justiça Kátia Chaves Gallieta ressaltou que as obras devem ser entregues em conformidade com as normas sanitárias e, após a entrega do laudo da vistoria técnica da Visa Municipal, recomendará à Prefeitura  de Palmas que realize a adequação das instalações da Feira da 307 Norte.

Além das promotoras da Justiça e do secretário de Desenvolvimento Rural, participaram da vistoria a servidora do Seder, Nara Élia Pardinho; a coordenadora de alimentos da Visa Municipal, Joselita Monteiro de Souza Macedo; os inspetores sanitários Valter Caproni de Morais e Marcione Nunes Coelho; o assessor jurídico da Visa Municipal, Orlando Cursino Guedes Júnior; e o presidente da Associação dos Feirantes da Região Norte de Palmas, Orivaldo Tomás da Silva.