Polí­tica

Foto: Divulgação

O governador Mauro Carlesse (PHS) participou na noite desta quarta-feira, 3, no Crystal Hall, em Palmas, de um grande evento político com a presença de apoiadores e candidatos da coligação Governo de Atitude. Na ocasião, Carlesse pediu o empenho dos presentes para que trabalhem por sua vitória no primeiro turno e elejam os candidatos da sua chapa.

"O Estado avançou muito com a nossa vitória na eleição suplementar, mas agora precisamos dar mais um importante passo para a consolidação do nosso trabalho em fazer avançar as políticas públicas do Tocantins, desenvolver os municípios e melhorar a qualidade de vida das pessoas”, disse Carlesse.

O governador destacou que lidera todas as pesquisas eleitorais do estado e que elas mostram que há grande probabilidade da sua vitória já no primeiro turno para o quadriênio 2019/2023. Mauro Carlesse pediu aos seus eleitores um voto casado para os candidatos da majoritária ao Senado Federal, Eduardo Gomes (SD) e César Halum (PRB), além dos postulantes ao cargo de deputado estadual e federal da coligação Governo de Atitude.

“Para fazermos uma gestão eficiente precisamos de governabilidade e para isso eu peço a vocês que votem também nos candidatos da Coligação Governo de Atitude. Temos no nosso quadro ótimas opções que o eleitor pode escolher para nos ajudar a fazer um governo transformador”, pediu Carlesse.

O Governador lembrou que ter apoio político é fundamental para realizar as ações e obras que precisam ser feitas. “Por isso, peço aqueles que vão votar em mim que votem também em Eduardo Gomes e César Halum para o Senado e nos nossos candidatos e candidatas a deputado federal e estadual. Juntos vamos agilizar as obras e ações que vão gerar mais emprego, renda e oportunidade para o nosso povo. O estado já perdeu tempo demais com os últimos acontecimentos é hora de virar essa página e trabalhar”, concluiu Carlesse.

Presentes

O evento organizado pelo deputado estadual e candidato à reeleição Vilmar Oliveira (SD), contou com a presença dos candidatos Eduardo Gomes, César Halum, Carlos Gaguim (DEM), entre outros.