Polí­tica

Foto: Divulgação

Durante a sessão ordinária desta quinta-feira, 11, na Câmara de Palmas, o vereador Léo Barbosa (SD) cobrou agilidade na contratação da empresa que prestará o serviço de consultoria para a Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga possíveis irregularidades nas aplicações do Instituto Previdenciário de Palmas (PreviPalmas).

No final do mês de agosto, os membros da Comissão definiram a necessidade do serviço especializado, que deverá analisar o relatório produzido pelo Conselho Municipal de Previdência e auxiliar na determinação dos procedimentos que poderão ser tomados. Apesar de a Comissão ter solicitado com urgência, a presidência da Câmara ainda não teria dado andamento à contratação.

“É visível que tenha havido descumprimento por parte da gestão do PreviPalmas. Precisamos desta consultoria, com urgência, até mesmo para poder convocar os responsáveis por este dano ao erário público, mas também para termos maior conhecimento e profundidade para conduzir os trabalhos da Comissão”, disse Barbosa.

O vice-presidente da Casa de Leis também destacou que durante o período eleitoral, mesmo com a agenda de campanha, não houve paralisação nos trabalhos da CPI e que eles serão intensificados até o final do ano. “Vamos continuar até o último dia de mandato como vereador, buscando esclarecimentos para que possamos resgatar este recurso que é fruto de muito trabalho dos servidores do município”, completou.

CPI

 A Comissão Parlamentar de Inquérito possui vigência de 90 dias, podendo ser prorrogada por igual período. Após a conclusão dos trabalhos, os membros apresentarão relatório à Mesa Diretora que fará um Projeto de Decreto Legislativo que será apreciado pelo Plenário da Casa. O documento final será encaminhado ao Ministério Público Estadual e ao Poder Executivo para as medidas necessárias.

A Comissão tem como membros os vereadores Júnior Geo (PROS), presidente; Vandim do Povo (PSDC), vice-presidente; Marilon Barbosa (PSB), relator; Léo Barbosa (SD), membro e Gerson Alves (PSL), membro.

Por: Redação

Tags: Câmara de Palmas, Leo Barbosa, Previpalmas