Conexão Tocantins - O Brasil que se encontra aqui é visto pelo mundo
Polí­cia

Foto: Divulgação

A Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da 4ª Delegacia de Araguaína, efetuou, na manhã desta quarta-feira (7), a prisão de David L. M.. Ele é suspeito pela prática do crime de roubo majorado por concurso de agentes e uso de arma de fogo e foi capturado, mediante cumprimento a mandado de prisão temporária.

Conforme a autoridade policial responsável pelo caso, no dia 9 de fevereiro de 2018, David, juntamente com outro comparsa, ainda não identificado, invadiram um bar no setor Jardim dos Ipês e, com uso de violência e grave ameaça, subtraíram diversos pertences de um casal proprietário do referido estabelecimento comercial.

Ainda segundo o apurado durante as investigações, o crime foi cometido na presença de um neto do casal, de apenas três anos de idade. Na oportunidade, David e seu comparsa também roubaram joias, relógio, aparelho celular, além de bebidas e carteiras de cigarro comercializadas no estabelecimento.

Após diligências preliminares, a Polícia Civil identificou David como um dos autores do delito, representando pela sua prisão temporária, deferida pelo Judiciário. O indivíduo teve seu paradeiro localizado e lá se efetivou sua prisão.

David foi, então, levado à Central de Flagrantes da Polícia Civil de Araguaína e, após a realização das providências legais cabíveis, foi encaminhado à Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA). O indivíduo permanecerá recolhido pelo prazo de cinco dias, prorrogável por igual período, para os fins da investigação. Sua prisão temporária poderá ser convertida pelo juízo criminal em preventiva, com prazo indeterminado para cumprimento.