Educação

Foto: Mari Rios

Foto: Mari Rios

Seis professores da rede estadual de ensino estão na fase nacional da 7ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa. Foram selecionados 80 relatos de práticas correspondentes aos gêneros crônica, artigo de opinião, memórias literárias, documentário e poema e, desses, serão escolhidos 20, que serão denominados de vencedores nacionais.

Estão representando o Tocantins as professoras Cleide Maria Lino, da Escola Estadual Girassol de Tempo Integral Meira Matos, de Aparecida do Rio Negro; Dinair Rocha de Sousa Teles, da Escola Estadual Rezende de Almeida, de Itapiratins, ambas no gênero documentário; Rute da Silva Santos, da Escola Estadual Padre Giuliano Morreti, de Tocantinópolis, na categoria Memórias literárias; a professora Rosana Ribeiro dos Santos, da Escola Estadual Joaquim Francisco de Azevedo, de Taipas do Tocantins, com o gênero crônica; Debora Ferreira da Silva, do Colégio Estadual Girassol de Tempo Integral Meira Matos, de Aparecida do Rio Negro, e Jheme Quezia Nunes de Abreu Rodrigues, do Colégio Agropecuário de Almas, ambas foram selecionadas na categoria Artigo de opinião.

Premiação

O Encontro Nacional de Premiação terá local e data a serem definidos e divulgados. Os professores do Tocantins classificados na etapa estadual já receberam como prêmios um aparelho celular Smartphone e certificados de finalistas.

Os professores selecionados na semifinal receberão certificados de finalistas e um leitor digital. Os alunos também receberão certificados de finalistas e leitor de livro digital.

Na etapa nacional, os professores receberão certificados de vencedores, notebook e mouse, e os estudantes vão ganhar certificado de vencedor e um tablet. A escola receberá uma placa de homenagem e acervo para a biblioteca escolar e a Secretaria da Educação terá uma placa de homenagem.

Flávia Rodrigues, coordenadora Estadual da Olimpíada de Língua Portuguesa no Tocantins e técnica da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), fala desse momento especial para a educação do Estado. “Em um ano pandêmico, de grandes desafios para a educação, sinto um orgulho imenso dos trabalhos desenvolvidos pelos professores com seus alunos sob a supervisão dos assessores regionais e gestores escolares. Enquanto coordenadora da olimpíada, acompanhei todo o processo, desde as lives formativas à banca examinadora, momento no qual ficamos maravilhados com a qualidade dos relatos apresentados”, frisou.

Flávia também comentou sobre a importância desses resultados para as escolas e para a vida dos professores e alunos. “No país, foram mais de 112 mil inscrições. Somente no Tocantins, tivemos mais de quatro mil professores inscritos. É muito gratificante para a equipe de a Seduc presenciar esses seis professores alcançar a fase final. Que continuemos acreditando na educação e no fomento à escrita e à leitura”, destacou.

Semifinal de crônica

A professora Laudiléia Soares Barbosa Achure, da Escola Municipal César Belmiro, de Araguaína está participando do último encontro semifinal da 7ª edição Olimpíada de Língua Portuguesa, que está sendo realizada no período de 9 a 12 de novembro, por meio de plataformas digitais.

“Eu já tinha participado da olimpíada, mas esta é a primeira vez que chego à fase semifinal. No meu relato de prática, apresentei as dificuldades que passamos no momento da pandemia com os alunos e como envolvê-los nas atividades das oficinas. E no decorrer da olimpíada, recorremos a práticas, dinâmicas, rodas de leitura, para que os estudantes pudessem gostar do gênero poesia. O meu foco foi a produção da escrita. E participar dos encontros promovidos pela semifinal foi muito prazeroso, representou um divisor de águas, aprendemos muito com o relato de práticas e o que eu quero, cada vez mais, é aprender para ajudar o aluno a acreditar nele e passar a escrever mais”, explicou a professora Laudiléia.

Olimpíada

A Olimpíada de Língua Portuguesa está na sua 7ª edição e é uma iniciativa do Itaú Social e do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação e Ação Comunitária (Cenpec), com a o apoio do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed).

Os encontros virtuais alusivos às etapas semifinais estão sendo realizados entre o período de 11 de outubro a 16 de novembro, com uma programação diversificada e atividades pedagógicas e culturais.