Economia

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Trezentos e noventa líderes de 70 startups de todo o Brasil estão em Lisboa, capital de Portugal, a convite do Sebrae Nacional para uma missão de inovação que inclui a participação no Web Summit 2022, principal conferência de tecnologia do mundo. As startups tocantinenses Bio 6 Sustentável e Simemap participam do Programa Inova Amazônia e compõem a lista. A missão iniciada no último domingo, 30, segue até o próximo sábado, 5, com intensa programação que inclui visitas técnicas, rodadas de negócios e conexões com players do ecossistema local de inovação.

Na visão do empreendedor tocantinense Éber Souza, da BIO 6 Sustentável, startup de inovação no gerenciamento de resíduos e oferta de compostos sustentáveis, o DNA do Sebrae é justamente investir em pessoas para que elas desenvolvam suas ideias de negócios e transformem a sociedade. “A instituição nos oferece produtos e serviços que fazem com que os empreendimentos cresçam cada vez mais. A experiência em Lisboa, sem sombra de dúvidas, renderá bons frutos”, destaca.

Para Marcus André, proprietário da startup Simemap, que desenvolve ferramentas para monitoramento remoto de energia elétrica e consumo de água no Tocantins, a missão acopla aprendizados instigantes. “Estou sondando as oportunidades de internacionalização da minha Startup e o ambiente é perfeito para que eu consiga dar o pontapé inicial”, frisa.

O presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melles, destaca a parceria com o Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas de Portugal (IAPMEI) e a Fundação de Apoio à Integração da Europa e Países de Língua Portuguesa. “Eventos desta magnitude só são possíveis com grandes parceiros e grandes empresários. Agradeço a participação de todos e um abraço aos nossos representantes do Tocantins. Vocês estão no caminho certo”, finaliza.

A iniciativa é promovida pela Apex-Brasil, Ministério das Relações Exteriores (MRE) e Embaixada do Brasil em Lisboa, em parceria com o Sebrae, o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) e a Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro (Softex).