Saúde

Foto: Vinícius Santa Rosa

Foto: Vinícius Santa Rosa

O secretário de saúde interino, Paulo César Benfica, participou nesta quarta-feira, 23, em Brasília, da 1ª Reunião de Secretários de Saúde do Consórcio Brasil Central (BrC), que estão trabalhando em soluções para a redução dos custos de aquisição de medicamentos hospitalares. Fazem parte do BrC os estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Tocantins e Distrito Federal. 

No encontro foi apresentado o projeto Saúde do Consórcio Brasil Central - Compras Compartilhadas do Componente Especializado de Assistência e Farmacêutica 2023. Por meio do BrC, os estados estão planejando mecanismos jurídicos com o objetivo de viabilizar as compras compartilhadas de medicamentos hospitalares, uma iniciativa que reduz, em média, 24% o custo com a aquisição desses insumos.

Para avançar ainda mais nas soluções dos desafios de gestão da saúde pública, o BrC está desenvolvendo o projeto Aquisição de Medicamentos Oncológicos e Judicializados. Devido a alta demanda e custo dos tratamentos de oncologia, essa área é a que consome o maior volume de recursos e também a que mais gera judicialização. Diante do desafio, os estados estão viabilizando soluções que se tornam mais viáveis se realizadas coletivamente. 

O secretário Paulo César Benfica esclareceu que os principais desafios na gestão de saúde pública são enfrentados por todos os estados, e que a gestão coletiva gera soluções efetivas. "Os representantes de cada estado apresentaram suas principais experiências, os desafios e as boas práticas adotadas para gerir com eficiência a aquisição, distribuição e o uso de medicamentos nos hospitais estaduais. Os projetos apresentados abrem possibilidades para a redução de custos, solucionado diversas outras questões ligadas a isso, como por exemplo, a questão da judicializacao",  afirmou. 

Consórcio Brasil Central 

O BrC tem por objetivo promover o desenvolvimento econômico e social da região, de forma integrada e por meio da cooperação entre as Unidades Federativas para tornar a região ainda mais competitiva. Criado em 2015, por meio de Protocolo de Intenções e normatizado pelo Estatuto do Consórcio, o BrC possui em sua estrutura uma Secretaria-Executiva, que elabora e executa as ações, programas e projetos do Consórcio, principalmente nas áreas relacionadas à agropecuária, logística, empreendedorismo, inovação e processo de articulação internacional em fase inicial.

(Foto:Vinícius Santa Rosa)