Polí­cia

O corpo do policial civil já estava em estado avançado de decomposição.

O corpo do policial civil já estava em estado avançado de decomposição. Foto: Divulgação Redes Sociais

Foto: Divulgação Redes Sociais O corpo do policial civil já estava em estado avançado de decomposição. O corpo do policial civil já estava em estado avançado de decomposição.

Um policial civil, identificado pela Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP/TO) como sendo Valter Barbosa Lino, de 45 anos de idade, foi encontrado morto dentro de um carro na Avenida Teotônio Segurado, Quadra 402 Sul, por volta das 15h dessa quarta-feira, 5. O corpo tinha uma marca de perfuração a bala na cabeça. 

De acordo com a Polícia Militar, chegando ao local indicado, equipe da PM deparou-se com um carro modelo Peugeot/2008 em que dentro estava um corpo já em avançado estado de decomposição. Diante da constatação, foi acionada a Perícia Técnica Científica.

Com a chegada da perícia, do delegado da 1ª Divisão Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP-Palmas) e do Instituto Médico Legal (IML), o veículo foi aberto e constatada a identidade da vítima. Uma arma de fogo foi localizada no interior do carro. 

A SSP/TO informou que o veículo estava estacionado em um dos bolsões de estacionamento da Teotônio.

Possível Suicídio 

O corpo foi levado para a sede do IML de Palmas, onde foi submetido a exames de necropsia para apontar as causas da morte. Segundo a SSP/TO, em princípio, o caso é tratado como suicídio, porém se os laudos periciais apontarem como sendo outra a causa da morte, o caso será investigado pela 1ª DHPP. 

Valter era agente de polícia concursado desde 2003 e atuava na Central de Custódia de Vestígios.

A Secretaria da Segurança Pública do Tocantins lamenta a morte do policial. "A SSP-TO e a Polícia Civil do Tocantins prestam condolências aos familiares e amigos de Valter e rogam a Deus que traga o conforto necessário nesse momento de dor".