Conexão Tocantins - O Brasil que se encontra aqui é visto pelo mundo
Polí­cia

Foto: Divulgação

Acusado de ser o mandante do assassinado do empresário do ramo de combustíveis, Wenceslau Leobas (o Vencim), o também empresário e presidente afastado do Sindicato dos Revendedores de Combustíveis do Tocantins (Sindposto), Eduardo Augusto Pereira Rodrigues, conhecido por Duda Pereira, foi intimado para audiência de instrução a ser realizada no dia 13 de fevereiro de 2017, na 1ª Vara Criminal de Porto Nacional. 

O empresário Vencim Leobas foi atingido por um tiro na região do pescoço na manhã do dia 28 de janeiro de 2016, ao sair de sua casa, localizada no centro de Porto Nacional. Ele foi submetido a tratamento médico em Palmas, mas faleceu dias depois, em 14 de fevereiro, em decorrência dos ferimentos.

O Ministério Público Estadual denunciou o empresário Eduardo Augusto Rodrigues Pereira, de ser o mandante do crime.  Segundo o MPE, o crime teria sido motivado por interesses financeiros, já que Wenceslau Leobas estava instalando um posto de combustíveis em Palmas, onde praticaria preços inferiores aos de seus concorrentes, entre os quais está Eduardo Pereira.

Eduardo Pereira disse em entrevista ao Conexão Tocantins no dia 25 de junho, que não conversava com o empresário Vencim há 5 anos e afirmou inocência.  (Saiba mais)