Conexão Tocantins - O Brasil que se encontra aqui é visto pelo mundo
Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado estadual José Bonifácio (PR), disse na tribuna da Assembleia Legislativa do Tocantins, na sessão desta terça-feira, 25, que a Fundação de Apoio à Pesquisa, Ensino e Assistência à Escola de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro e ao Hospital Universitário Gaffrée e Guinle, da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Funrio), responsável pelo concurso da Assembleia Legislativa, é uma das mais descredenciadas do País. "A Funrio, que foi contratada para gerir esse nosso concurso, é uma das empresas ou fundações mais descredenciadas do País, de uma conduta sem precedentes no ramo das fraudes, no ramo do engodo, no ramo do não concurso", afirmou. 

Com documentos em mãos, Bonifácio disse que a Advocacia-Geral da União (AGU) comprovou fraude em concurso de responsabilidade da Funrio. "Aqui estão várias situações e uma delas a Funrio passou cinco pessoas da mesma família com as mesmas notas. É aqui comprovado pela AGU a fraude no concurso da Polícia Rodoviária Federal", disse. 

O deputado frisou ser preciso ter discernimento e falou da realização de novo concurso só após estudo de impacto e discussões. "Acho que devemos ter discernimento e colocar a votação do Decreto Legislativo atendendo inclusive recomendação do Ministério Público para que a gente salve essa situação e que daí através da mesa diretora se indique a comissão executiva para que a comissão autorize um novo concurso com estudo de impacto depois de ouvido associações, sindicatos, servidores e quem quer mais que se interesse", frisou. 

Uma comissão de deputados é responsável por analisar o concurso público da AL. Presidida pelo deputado José Roberto Forzani (PT) e tendo Ricardo Ayres (PSB) como relator, a comissão realizará na tarde de hoje, a partir das 14 horas, reunião na qual cada membro apresentará relatório sob sua responsabilidade.

Está sendo analisado pelos deputados, diagnóstico sobre o impacto financeiro à luz da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), a necessidade das vagas em cada setor, o conteúdo programático das vagas ofertadas, a análise sobre o plano de carreira e a legalidade dos atos. 

As inscrições para o certame da Assembleia Legislativa foram suspensas por 15 dias para a conclusão das análises.