Conexão Tocantins - O Brasil que se encontra aqui é visto pelo mundo
Cultura

Foto: Divulgação Ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão Ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão

De passagem por Palmas para a realização de um seminário e inauguração de um espaço de cultura na capital, o ministro da cultura do Governo Federal, Sérgio Sá Leitão, falou a respeito do potencial cultural do Tocantins e prometeu mais investimentos para o setor no estado. Apesar disso, o ministro reconheceu que os mecanismos e verbas de incentivo à cultura ainda são insipientes e estão aquém do que o estado necessita. “Queremos aumentar investimento no Tocantins. Somando todos os mecanismos que temos no Ministério da Cultura neste biênio 2017-2018 nós estamos investindo R$ 14 milhões aqui no estado, mas acho que isto está aquém do potencial”. Declarou.

Pela manhã Sérgio Sá fez a abertura do seminário Cultura Gera Futuro, um evento realizado pelo ministério em todas as capitais brasileiras para informar e capacitar artistas, produtores, gestores públicos e potenciais patrocinadores para que se amplie o uso dos mecanismo de fomento à cultura, como a Lei Rouanet. Segundo o ministro, muitos projetos deixam de ser realizados por falta de apoio, unicamente porque os produtores culturais não conhecem as vias de acesso. “Muitas coisas que fazemos dependem da demanda. As pessoas precisam vir até nós com projetos e precisamos informar e capacitar os artistas e produtores sobre isso.”

O seminário realizado em Palmas é a 15ª edição do circuito de capacitação do Cultura Gera Futuro. A expectativa do Minc é de que sejam realizadas 27 edições em todas as capitais brasileiras até o final do mês de julho.

Investimentos

Na ocasião o ministro destacou o potencial cultural do Tocantins, mas reconheceu que é preciso mais incentivo. “A gente tem aqui uma tradição de festas populares que é uma tradição muito forte, como a festa do divino, e precisamos incentivar isso cada vez mais. A medida que conseguirmos aumentar o nosso investimento e também sensibilizar o poder público local, certamente esta produção tenderá a ter uma visibilidade maior”.

De acordo com o ministro o Governo Federal investiu em 2017 R$ 1,2 milhões no Tocantins por meio da Lei Rouanet. Dos 10 projetos apresentados no ano passado, 6 foram captados, um número considerado abaixo do ideal, para o ministro.

O ministro falou ainda sobre obras de patrimônio histórico que estão previstas para o Tocantins. Sem detalhar quais, Sérgio Sá informou que todas as obras que já estão na programação serão efetivamente realizadas, “nós dependemos da liberação de recursos, então, à medida que estes recursos são liberados a gente vai destinando de acordo com nosso planejamento”.

Entre obras já concluídas o ministro citou o Espaço + Cultura, uma parceria com a prefeitura de Palmas e dois centros culturais que totalizam R$ 4 milhões em investimentos, um em Palmas e outro em Araguaína que já foram concluídos mas ainda não inaugurados.

Agenda

Na parte da tarde o ministro Sérgio Sá participa da inauguração da nova sede do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) às 14 horas. Às 16h30 ele inaugura, juntamente com a prefeita de Palmas Cinthia Ribeiro o Espaço + Cultura.

O Espaço + Cultura irá atender principalmente as comunidades da Arse 131 e redondezas, com ações de promoção e incentivo à cultura e à arte. Com mais de mil metros quadrados o prédio conta com com salas de estudo, copa, varandas, vestiários, depósito, galeria de arte, atividades de arte-educação, cinema, vídeo, espetáculos de treatro, concertos, danças, artes populares, atividades recreativas e lazer.

O investimento foi de R$ 1.028.049,12 milhão, oriundos do Ministério da Cultura, com contrapartida do município.