Conexão Tocantins - O Brasil que se encontra aqui é visto pelo mundo
Polí­tica

Foto: Reprodução Youtube Thiago Andrino em vídeo que circula nas redes sociais Thiago Andrino em vídeo que circula nas redes sociais

Em um vídeo que tem sido divulgado nas redes sociais o vereador de Palmas, Thiago Andrino (PSB) - considerado braço direito do ex-prefeito de Palmas e pré-candidato ao Governo do Estado, Carlos Amastha - saiu em defesa do político e buscou remendar as notícias divulgadas nos últimos dias de que Amastha estaria costurando alianças com os grupos políticos de Marcelo Miranda (MDB) e Vicentinho Alves (PR).

Fontes ligadas ao senador Vicentinho Alves chegaram a confirmar que o senador teria fechado com Amastha e seria candidato à reeleição ao Senado na chapa do pessebista. O próprio senador não chegou a negar a conversa e informou através de sua assessoria que o momento é de diálogo interno e que “além da candidatura à reeleição ele [Vicentinho] quer tratar do futuro do Estado”. Mais tarde a notícia de que o colombiano teria se reunido com o ex-governador Marcelo Miranda e a deputada federal Dulce Miranda (MDB) também movimentou as redes.

O momento que antecede as convenções partidárias é mesmo de formatação de alianças, mas a proximidade de Amastha a políticos tradicionais seria uma antítese ao que prega o próprio ex-prefeito, que é o combate à “velha política”.

Por este motivo é que Thiago Andrino tratou de sair em defesa de Amastha. No vídeo o aliado tenta afugentar o fantasma da “velha política” da imagem de Amastha, mas não chega a negar as notícias de que ele estaria sim em conversa com os “políticos tradicionais”. O vereador diz no vídeo que as notícias divulgadas seriam uma tentativa de desconstruir a imagem de um político que, segundo ele, “inaugurou um novo tempo na política do Tocantins”.

Andrino diz ainda que o grupo político liderado pelo ex-prefeito foi o primeiro a procurar um caminho alternativo na política sem o apoio dos “grupos tradicionais” e que chegou a vencer as eleições [referindo-se às duas campanhas de Amastha à prefeitura].

Sem afastar em definitivo as articulações de Amastha com Vicentinho e Marcelo, o vereador diz que durante a campanha da eleição suplementar, o grupo percebeu como funciona a dinâmica da política no Tocantins. Segundo ele, há duas campanhas independentes, uma que se faz nas grandes cidades - mais ideológica - e outra que acontece nos rincões do estado - onde as lideranças políticas são indispensáveis. “Nós estamos sim procurando compor uma aliança com o tamanho do Tocantins, com a cara do Tocantins, mas que não perca sua essência, a vontade de transformar o estado do Tocantins”, concluiu Andrino.

Veja o vídeo.