Esporte

Foto: Philipe Bastos

As equipes tocantinenses estrearam com bons resultados no primeiro dia da etapa regional dos Jogos Escolares da Juventude, realizados na cidade de Manaus, capital do Amazonas. Mesmo após uma longa viagem até o local da competição, os times de voleibol masculino, 15 a 17 anos, handebol feminino, 12 a 14 anos e futsal feminino, 12 a 14 anos, conseguiram bater seus adversários e espantar o fantasma da estreia.

Um dos jogos mais marcantes neste primeiro dia dos JEJ de Manaus foi o do voleibol masculino. A equipe juvenil do Colégio Estadual Guilherme Dourado enfrentou uma equipe duravinda de Belém do Pará. No primeiro set, o cansaço da viagem que terminou na madrugada desta quinta-feira, 20, pesou nos meninos e a equipe paraense venceu por 25x13.

Já na segunda etapa, com a musculatura mais solta e os reflexos mais apurados, os jogadores do Tocantins conseguiram equiparar o jogo e, em um set emocionante, fechou a conta em 25x23. O jogo ia para o tiebreak.

No último e decisivo set, nenhuma equipe conseguia se desgarrar no placar. Ponto a ponto, o time do Guilherme Douradofoi construindo uma vitória tão sólida quanto suada. Ao final do jogo, o placar mostrava 15x13 para os tocantinenses. O que o placar não mostrou foi a felicidade misturada ao alívio pela vitória na estreia e pelo primeiro passo rumo à etapa nacional da maior competição interescolar do Brasil.

Aniversariante do dia, Guilherme Lucas Sales Soares, ponteiro da equipe, destacou o empenho e a superação do time de Araguaína. “Nós tivemos uma longa viagem e isso pesou um pouco no primeiro set. Não conseguimos soltar o nosso jogo e acabamos perdendo. Mas depois nós nos superamos, encaixamos o nosso jogo e conseguimos essa vitória que é muito importante. Agora é continuar na competição”, destacou.

Para o técnico Osvaldo Cavalcante a dedicação dos atletas foi fundamental para superar as dificuldades da estreia. “A gente sabe que toda estreia traz consigo a superação. E nossos atletas superaram o cansaço para conseguir essa vitória. Não fomos bem no primeiro set, mas conseguimos nos impor e conquistar uma importante vitória”, completou.

Handebol

Também vitoriosas na estreia em Manaus, as meninas do Colégio Batista de Palmas bateram o time de Roraima por 25 x 08. Em um jogo cujo placar elástico pode demonstrar uma certa facilidade, as meninas se aplicaram tática e tecnicamente sob o comando do professor Leonardo Bernardes, para conquistar a vitória tão importante para uma estreia. Ana Beatriz, capitã da equipe, destacou a importância de uma vitória no primeiro jogo, visando o restante da competição.

“No primeiro tempo a ansiedade atrapalhou um pouco nosso jogo, mas no segundo tempo conseguimos nos reorganizar e vencer essa partida. Agora à tarde temos mais uma partida e espero que a gente consiga mais uma vitória”, frisou.

Outras modalidades

No futsal feminino, 15 a 17 anos, o time do Colégio Estadual Adá de Assis Teixeira também fez bonito e bateu, na estreia, o time do Amapá. Em um jogo equilibrado, as meninas tocantinenses bateram o time amapaense por 8x3.

Por um problema com a delegação do Mato Grosso, algumas equipes do Tocantins que iriam estrear na competição contra times mato-grossenses acabaram vencendo por W.O. Foi o caso do voleibol feminino, 15 a 17 anos, do Colégio Dom Bosco; do voleibol masculino, 12 a 14 anos, da Escola de Tempo Integral Eurídice Ferreira de Melo e do futsal masculino, 12 a 14 anos, do Colégio Estadual Irio de Oliveira Souza.

JEJ 2018

Em 2018, os Jogos Escolares da Juventude sofreram uma mudança com relação aos anos anteriores. Até 2017, todas as equipes das modalidades coletivas que vencessem as finais estaduais dos Jogos Estudantis do Tocantins (Jets), se classificavam diretamente para a etapa nacional dos JEJ. A partir deste ano, contudo, o Comitê Olímpico do Brasil, organizador do evento, implementou uma etapa regional para as modalidades coletivas. Desde então, as equipes campeãs estaduais passam por uma fase regional antes de disputar os jogos nacionais.

Com 27 unidades federativas, o COB definiu três macrorregiões, cada uma com nove representantes. A primeira, com todos os estados do Nordeste, a segunda com todos os estados do Norte, mais Mato Grosso e o Distrito Federal, e a terceira com os outros estados do Centro-Oeste, mais os estados do Sul e do Sudeste. Os vencedores desta etapa se juntam aos atletas das modalidades individuais na etapa nacional que será realizada em Natal / RN, em novembro.