Polí­tica

Laurez e Sandoval Cardoso.

Laurez e Sandoval Cardoso. Foto: Divulgação @laurezmoreira

Foto: Divulgação @laurezmoreira Laurez e Sandoval Cardoso. Laurez e Sandoval Cardoso.

O vice-governador do Tocantins, Laurez Moreira (PDT), compartilhou em suas redes sociais imagens de encontro com o ex-governador do Estado, Sandoval Cardoso, em Bandeirantes/TO. A visita contou com a presença do prefeito de Colinas, Kasarin. 

"Ontem tive a alegria de visitar o ex-governador do Tocantins, @sandovallobocardoso junto com seu filho e amigos, em Bandeirantes do Tocantins. Também estiveram conosco o prefeito de Colinas @ksarinksarin e o vereador @secparente. Agradeço pelo excelente almoço, pela boa conversa e toda a receptividade. Grande abraço!", comentou Laurez. 

O encontro chama a atenção porque Sandoval anda afastado da política. O almoço simboliza manutenção de diálogo com lideranças do Tocantins. 

Pecuarista, o ex-governador compartilha em suas redes sociais recortes da vida no campo, dele cuidando das cabeças de gado e de momentos com a família. 

No perfil de Sandoval no Instagram, poucas publicações, ou quase nada, de política. Das últimas que realizou, um vídeo em homenagem ao ex-governador Siqueira Campos (in memoriam), de 5 de julho, compartilhado um dia após o falecimento de Siqueira. "Político de grandes feitos, de grandes obras, grandes idealizações. Mas quero falar neste momento do homem que eu conheci: Siqueira Campos temente a Deus que sempre buscou o melhor ao nosso povo do Tocantins, deixando assim exemplo para várias gerações", declarou em postagem. 

(Foto: Divulgação @laurezmoreira)

 (Foto: Divulgação @laurezmoreira)

Eleito pela Assembleia 

Sandoval Cardoso foi eleito governador do Tocantins em eleição indireta realizada na Assembleia Legislativa do Tocantins, na manhã de domingo, 4 de maio de 2014, após renúncia do então governador Siqueira Campos e do seu vice-governador João Oliveira. 

Ele também disputou a reeleição para o governo do Estado, mas foi derrotado. Em outubro de 2016 foi preso preventivamente pela Polícia Federal, na Operação Ápia. 

Relembre: Dois governadores, eleição acirrada e final de governo conturbado; 2014 teve cenário político atípico para o Tocantins.