Polí­tica

Foto: Divulgação

O pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins julgou, nesta terça-feira (3/7), as contas de quatro partidos políticos que participaram das Eleições Suplementares para escolha de governador e vice-governador do Estado para o mandato tampão até o dia 31 de dezembro.

As contas da direção Estadual do Partido Social Cristão (PSC) foram aprovadas por unanimidade pelos membros do pleno, bem como as contas do Partido Popular Socialista (PPS), Partido Ecológico Nacional (PEN) e do Partido Socialista Brasileiro (PSB).

Ainda durante esta terça-feira foi julgada a  prestação de contas do Partido da Mulher Brasileira, referente ao exercício financeiro de 2015. As contas foram desaprovadas. O relator do processo, juiz federal Adelmar Aires Pimenta votou também pela suspensão das cotas partidárias por um período de dois meses. A decisão foi acompanhada por unanimidade pelos demais membros da Corte.

Diplomação Eleitos

O presidente do TRE-TO, desembargador Marco Antony Villas Boas também convidou os membros do pleno para a solenidade de diplomação do candidato eleito a governador e vice-governador. O evento será realizado na próxima segunda-feira, dia 9 de julho, às 9 horas, no auditório do Tribunal.