Geral

Foto: Eidmarquez Vaz  Bispo diocesano Dom Romualdo Matias, anfitrião do evento Bispo diocesano Dom Romualdo Matias, anfitrião do evento

Com o Tema “Cuidado do Presbítero, o Pastor” e o lema: “Cuidem de vocês mesmos e de todo o rebanho”, acontece em Porto Nacional até o próximo dia 30 de agosto, o 2º Encontro Regional Norte 3, da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) no Centro de Convenções Comandante Vicentão. A solenidade de abertura do encontro ocorreu na noite da última segunda-feira, 27. 

Com apoio da Prefeitura de Porto Nacional, o encontro reúne sacerdotes das dioceses do Tocantins, vindos de Palmas, Tocantinópolis, Miracema, Cristalândia, além de Porto Nacional. E mais a participação das dioceses de Conceição do Araguaia e São Félix do Araguaia, do Pará.

O prefeito Joaquim Maia, acompanhado da primeira-dama Aline Maia, participou da solenidade representando o poder público. A solenidade de abertura, contou com a presença do bispo diocesano Dom Romualdo Matias Kujawski. Como anfitrião, o bispo acolheu a todos e desejou um excelente encontro.

“Uma grande alegria e satisfação receber um encontro desse nível, pois é de relevante importância para os nossos presbíteros, e a Diocese de Porto Nacional está de braços abertos para acolhê-los. Quero aqui cumprimentar a mesa, autoridades eclesiásticas, e com o coração aberto também ao prefeito Joaquim Maia, e a primeira-dama Aline. Porto Nacional tem uma característica muito forte na cultura do seu povo, com a presença dos Dominicanos que ao chegarem aqui, no norte goiano, iniciaram um trabalho missionário e educacional”, refletiu.

O bispo portuense, Dom Romualdo, enfatizou ainda a construção da Catedral Nossa Senhora das Merçês como símbolo de fé e temor a Deus, de um povo, e a chegada de Dom Alano Maria du Noday na região do norte goiano.

Valorização da tradição

O prefeito Joaquim Maia destacou a satisfação pessoal como gestor e o dever institucional da gestão de apoiar e manter viva a tradição e a religiosidade dos portuenses, contribuindo para a construção de uma cidade cada vez melhor para a população.

“Quero cumprimentar todos os bispos diocesanos presentes aqui, na pessoa do nosso bispo diocesano Dom Romualdo, e dizer que é uma honra para a história de Porto Nacional a tradição da igreja católica, um dos pilares da formação de inúmeras famílias portuenses”, valorizou o prefeito.