Cultura

Foto: Paulo Peixoto O humorista Paulo Vieira apresenta em Palmas o seu solo “Juntei Tudo pra Te Contar” nessa sexta-feira O humorista Paulo Vieira apresenta em Palmas o seu solo “Juntei Tudo pra Te Contar” nessa sexta-feira

O humorista Paulo Vieira apresenta em Palmas o seu solo “Juntei Tudo pra Te Contar”, nessa sexta-feira, 18, no Theatro Fernanda Montenegro, às 20 horas, no Espaço Cultural de Palmas. O show tem a duração de 60 minutos e a classificação é de 14 anos.

O primeiro teste que Paulo Vieira faz sozinho no palco é um aglomerado dos seus melhores textos de stand up: A infância no interior, a vida de ator amador, a família, os amigos... tudo está no palco com ele, tanto que, quem o assiste, tem a impressão de conhecê-lo tão bem quanto o amigo mais íntimo, pois Paulo não tem medo de se expor no palco, seja falando das confusões da sua família ou das suas observações mais íntimas. 

Com a sinceridade e humor que lhes são característicos, Paulo Vieira fala de pobre como ninguém, sem abrir mão da criatividade e das referências que carrega. A "pobreza", que ele narra, é a parte mais rica de um universo que é comum a milhões de Brasileiros. Inclusive, foi falando de si e da própria família que Paulo Vieira se tornou o mais premiado comediante da nova geração, conquistando os principais prêmios de humor do País e também sendo destaque na televisão. "Cada comediante tem uma visão de mundo. No meu show eu quero emprestar meu óculos pra plateia e fazer eles verem como eu vejo o mundo", adiantou o artista.

Perfil
Nascido em Trindade (GO), Paulo Vieira veio para o Tocantins ainda criança na companhia dos familiares. De família pobre, o artista começou a ajudar os pais ainda criança a fazer e vender salgados para ajudar no sustento do lar. Na adolescência, a mãe de Paulo Vieira sofreu uma grave depressão e parou de fazer salgados, dificultando na renda familiar. Foi quando Paulo Vieira começou a utilizar do humor para tentar descontrair a mãe.

Começou aos cinco anos em espetáculos teatrais e, aos 18 anos, deu a largada no stand up comedy, sendo pioneiro do estilo no Tocantins. Foi considerado o melhor humorista do Brasil por diversas vezes com prêmios como Multishow de Humor (2013), campeão do quadro “Quem Chega Lá?”, do Domingão do Faustão (2015) e “Destaque do Ano” no “Grande Prêmio Risadaria de Humor Brasileiro” (2015). Atuou no longa-metragem “Palmas eu gosto de tu” (Super 8), no curta “Ouça-me” (Super 8), nas séries "Adorável Psicose", do canal pago Multishow e integrou o elenco da segunda temporada do programa Comedy Central Apresenta. Acaba de lançar o seu EP – Circo das Pulgas, que está disponível em todas as plataformas digitais. Atualmente, é partner no “Programa do Porchat”, da Record TV.