Polí­cia

Foto: Leal Júnior Corpo do prefeito estava dentro da caminhonete localizada em estrada vicinal Corpo do prefeito estava dentro da caminhonete localizada em estrada vicinal

O corpo do prefeito de Miracema, Moisés Costa da Silva, está sendo velado na casa dele desde as 5 horas da manhã desta sexta-feira, 31. O corpo, encontrado ontem dentro da caminhonete do prefeito em uma estrada entre os municípios de Miranorte e Rio dos Bois, foi liberado pelo IML por volta de 1 hora da madrugada.

Após o velório será realizada uma missa de corpo presente e às 17 horas o corpo será sepultado no cemitério da cidade.

A Polícia Civil informou que por enquanto não descarta nenhuma linha de informação, inclusive a de suicídio. O corpo do prefeito estava no banco de passageiro da caminhonete e o celular dele também não foi encontrado no carro. Uma arma de calibre 38 foi encontrada no colo do prefeito. Moisés foi baleado na cabeça.

Ainda segundo a Polícia Civil, a investigação será conduzida em conjunto pela Delegacia de Homicídios de Palmas (DHPP), Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC) e Delegacia Regional de Miranorte. As equipes estão em campo fazendo levantamentos e o caso está sendo conduzido sob sigilo.

Nota divulgada pela Polícia Civil informa que o caso será investigado conjuntamente por três delegacias

O caso

Moisés desapareceu por volta das 11 horas da manhã desta quinta-feira, 30, após sair de Miracema até a cidade vizinha de Miranorte acompanhado de funcionários da prefeitura. Enquanto os funcionários o aguardavam em um posto de combustíveis o prefeito saiu sozinho para encontrar o colega Antônio Carlos Martins (MDB), prefeito de Miranorte.

Após esse fato o prefeito não foi mais visto. O corpo foi encontrado horas depois.

Moisés Costa da Silva tinha 44 anos, era casado e não tinha filhos. Era contador e empresário na cidade de Miracema e estava em seu primeiro cargo público para o qual foi eleito em 2016 com ampla maioria dos votos (84%).